Home Bcn Notícias BCN Após oitiva de testemunhas, integrantes de facção criminosa voltam ao fórum de BH para interrogatório

Após oitiva de testemunhas, integrantes de facção criminosa voltam ao fórum de BH para interrogatório

4 primeira leitura
0

Integrantes de facção criminosa chegam ao Fórum Lafayette, em BH, nesta terça-feira (27) para interrogatório

Vinte e seis réus são ligados ao tráfico de drogas, homicídios e danos ao patrimônio, como queima de ônibus. Audiências devem seguir até sexta-feira (30).

 

Um forte esquema de segurança é mantido no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, nesta terça-feira (27), para interrogar 26 integrantes de uma facção criminosa ligada ao tráfico de drogas, homicídios e danos ao patrimônio, como queima de ônibus. As audiências de instrução e julgamento começaram nesta segunda-feira (26), quando 11 testemunhas foram ouvidas, segundo a Justiça.

Detalhes dos depoimentos não foram divulgados. Por volta das 10h10, o comboio com os réus chegou ao prédio no Barro Preto, na Região Centro-Sul, escoltado por viaturas e policiais altamente armados.

A partir das 12h, a última testemunha será ouvida e, na sequência, começa o interrogatório dos réus, segundo a assessoria de imprensa do fórum.

O processo corre em segredo e envolve 28 réus – sendo que dois estão foragidos. Cada integrante será ouvido individualmente, na presença da defesa ou Defensoria Pública e do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

O esquema de segurança é mantido dentro e no entorno do prédio para o período das audiências. Segundo o fórum, cerca de 260 policiais militares estão envolvidos, incluindo a cavalaria, o batalhão de trânsito, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) e o Batalhão de Choque, com o apoio de helicóptero.

O posto de comando da Polícia Militar foi montado na Rua Ouro Preto, que está bloqueada para trânsito. Policiais estão posicionados em pontos estratégicos do lado de fora.

“Desde a semana passada, a Polícia Militar vem trabalhando com ações antecipatórias. Agora, estamos com escolta, helicóptero, drones, exatamente para garantir que haja tranquilidade. A inteligência está monitorando qualquer processo de comunicação que possa trazer avaliação de riscos”, disse o major Flávio Santiago, porta-voz da Polícia Militar (PM).

Outras audiências já agendadas serão mantidas ao longo da semana. O fórum informou que o expediente é regular e o acesso, no local, é normal para servidores e público externo.

Fonte: G1

Carregar mais por BCN

Veja Também

Grupo Parlamentar Brasil/Itália pede para Temer extraditar Battisti

Por Agência Brasil O presidente do Grupo Parlamentar Brasil/Itália, deputado federal Ruben…