Edifício no Largo do Paissandu era ocupado irregularmente por cerca de 146 famílias. Bombeiros seguem busca por desaparecidos.

 


RESUMO

  • Fogo começou por volta das 1h30 e prédio ruiu às 3h de terça-feira
  • 146 famílias ocupavam irregularmente edifício de 24 andares
  • Bombeiros tiram escombros com retroescavadeira; há 4 desaparecidos
  • Prefeitura começa a vistoriar nesta quinta 70 prédios ocupados.

A temperatura embaixo dos escombros e de cerca de 300 graus. No momento, os bombeiros trabalham oficialmente com a possibilidade de 4 desaparecidos.

 

Nesta tarde, bombeiros perfuravam a rua por 3 metros de profundidade, onde houve o desabamento. Eles fizeram isso porque precisam chegar até a caixa de energia com 21mil volts para poder desligá-la. Também serão feitas perfurações nas paredes laterais do prédio ao lado, para permitir ter acesso às lajes dos dois subsolos do prédio que desabou.

Fonte: G1

Veja Também

Coreia do Norte está comprometida com desnuclearização completa e encontro com Trump, diz Coreia do Sul

SEUL (Reuters) – O líder norte-coreano Kim Jong Un reafirmou seu compromisso de “com…