Foto: Reprodução/Bcn

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) – A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) elegeu nesta sexta-feira Alemanha, Bélgica, África do Sul, República Dominicana e Indonésia para um mandato de dois anos no Conselho de Segurança a partir de 1º de janeiro de 2019.

O conselho é o único organismo da ONU que pode tomar decisões de aplicação obrigatória, e tem poder para impor sanções e autorizar o uso da força.

A Indonésia recebeu mais votos que as Maldivas na disputada eleição por uma vaga da região Ásia-Pacífico (144 a 46), e os outros quatro candidatos não tiveram concorrentes —mas os candidatos únicos ainda precisam obter mais de dois terços dos votos da Assembleia Geral como um todo para serem eleitos. Houve 190 votos na eleição desta sexta-feira.

A Alemanha recebeu 184 votos, a Bélgica 181, a África do Sul 183 e a República Dominicana 184 depois de uma rodada de votação. Grupos regionais normalmente combinam os candidatos a apresentar, e as eleições competitivas são cada vez mais raras.

Em um ano típico a Assembleia Geral elege cinco membros novos, que se unem aos cinco eleitos no ano anterior e aos cinco permanentes e detentores de poder de veto: Estados Unidos, Reino Unido, França, China e Rússia.

Os cinco membros que deixam suas vagas no final deste ano são Holanda, Suécia, Etiópia, Bolívia e Cazaquistão.

Os cinco assentos que não serão colocados em votação neste ano são os de Costa do Marfim, Guiné Equatorial, Kuweit, Peru e Polônia.

Fonte: Reuters

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por BCN