Ele pegou um pedaço de madeira e partiu para cima da vítima, depois acabou preso dentro de casa

 

 

Um homem de 50 anos foi preso nessa quinta-feira (13) depois de tentar beber pinga de graça em um bar no Bairro Jardim Paula II, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá,ter o pedido recusado e agredir o dono do estabelecimento com um pedaço de madeira. O caso aconteceu às 9h45 da manhã.

A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no local, ouviu a versão contada pelo dono do bar. Ele afirmou que o suspeito chegou pedindo um copo de aguardente e disse que não iria pagar pelo que consumisse. O proprietário se recusou a atendê-lo e, a partir daí, começou a confusão.

Irritado, o suspeito pegou um pedaço de madeira e foi para cima da vítima. Os dois começaram a se agredir, até que um vizinho socorreu o dono do bar e o suspeito fugiu.

A vítima levou os policias à casa do suspeito, que, ao perceber a chegada da viatura, tentou fugir pelos fundos da casa. Ele resistiu à prisão chegando a agredir os militares, mas, por fim, acabou detido. Mesmo algemado, o suspeito ainda ficou se debatendo no chão e tentou não entrar na viatura.

Conforme o boletim de ocorrência, a todo momento, o suspeito ainda ameaçava e xingava os policiais, dizendo que sabia tudo sobre eles, inclusive que não andavam armados o dia inteiro e o local onde moravam.

Como estava machucado devido à briga com o dono do bar e a resistência à prisão, o suspeito foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Várzea Grande, porém, recusou o atendimento médico.

Por fim, ele foi entregue na Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde seguiu tentando atrapalhar o trabalho policial e se negando a dizer seus dados. “Investiga aí”, disse o suspeito, conforme o boletim de ocorrência.

Os militares informaram que isso pioraria a situação dele, mas de nada adiantou. Em tom de ameaça ele dizia: “faz o seu, que depois eu faço o meu”.

A vítima foi encaminhada ao Pronto-Socorro de Várzea Grande, onde ficou sob cuidados médicos. O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso.

Fonte: Olivre

Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil deflagra ação de combate ao tráfico próximo de escolas

Coordenada pelo Conselho dos Chefes de Polícia Civil, operação Anjos da Lei contou com par…