Condenado pela morte e cárcere privado de Eliza Samudio, ele conseguiu progressão para o regime aberto, nessa quinta-feira (1º)

 

 

O ex-braço direito do goleiro Bruno Fernandes, Luiz Henrique Romão, conhecido como Macarrão, deixou a penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas, na região central de Minas Gerais, na noite dessa sexta-feira (2). Ele conseguiu progressão para o regime aberto e agora vai cumprir o resto da pena em prisão domiciliar.

Em 2012, Romão foi condenado a 15 anos de detenção pelo homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado de Eliza Samudio — ex-amante do goleiro Bruno. A modelo, que teve um filho com o jogador, desapareceu em junho de 2010 e o corpo dela não foi encontrado até hoje.

Macarrão ficou preso por 8 anos, seis meses e 28 dias. Ele estava em região semiaberto desde 2016, época em que conseguiu autorização para trabalhar em uma igreja de Pará de Minas.

Nessa quinta-feira (1º), o juiz Antônio Fortes de Pádua Neto, da Vara de Execuções Penais de Pará de Minas, concedeu a ele o direito de progressão para o regime aberto. Segundo o magistrado, o condenado ficou detido pelo tempo necessário previsto em lei e apresenta bom comportamento.

Ele deveria ter ido para casa na manhã desta sexta-feira, porém um problema no alvará de soltura pegou a defesa de surpresa. Um impedimento no documento apontava um mandado de prisão em aberto contra Macarrão. A ordem, expedida no Rio de Janeiro, era de julho de 2010, porém o sentenciado já estava preso desde agosto do mesmo ano, em Minas Gerais. Segundo a advogada Fabiana Cecília Alves, o problema foi causado por falta de atualização no sistema do judiciário.

Regime domiciliar

Romão foi contemplado com regime aberto. Nesses casos, o detento deve voltar à penitenciária todas as noites para dormir. Porém, como a unidade onde ele está não possui albergue para receber os presos, a lei prevê que ele cumpra prisão domiciliar. Assim, Macarrão ficará em casa, sem tornozeleira eletrônica, desde que siga os seguintes critérios:

• Recolher-se à sua residência todos os dias, até as 19h;

• Ausentar-se de sua residência somente a partir de 06h;

• Permanecer em residência durante o repouso, dias de folga, inclusive sábados, domingos, feriados e dias santos;

• Comprovar em 30 dias exercício de trabalho lícito;

• Não fazer uso de bebida alcoólica, não portar armas e não frequentar locais de moral duvidosa;

• Não se ausentar da comarca sem autorização judicial;

• Não mudar de residência sem comunicação prévia a esse juízo;

• Apresentar-se mensalmente em juízo para justificar suas atividades.

Relembre o caso Eliza Samudio

Eliza Samudio, ex-amante modelo e amante do goleiro Bruno Fernandes , desapareceu em junho de 2010. Na época, um dos suspeitos disse à polícia que o corpo dela foi jogado a cães, mas os restos mortais da jovem não foram encontrados até hoje

Foto: Facebook/Reprodução

Eliza Samudio, ex-amante modelo e amante do goleiro Bruno Fernandes , desapareceu em junho de 2010. Na época, um dos suspeitos disse à polícia que o corpo dela foi jogado a cães, mas os restos mortais da jovem não foram encontrados até hoje.

Fonte: R7

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por BCN