Home Polícia Macarrão passa a cumprir pena no regime aberto em Pará de Minas, aponta publicação do TJMG

Macarrão passa a cumprir pena no regime aberto em Pará de Minas, aponta publicação do TJMG

2 primeira leitura
0

Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, que cumpria pena no regime semiaberto no Presídio Pio Canedo em Pará de Minas, cumpre pena no regime aberto desde o último dia 26 de junho, de acordo com publicação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O G1tentou contato com o advogado do condenado, Wasley César de Vasconcelos, porém as ligações não foram atendidas.

De acordo com a Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap), Macarrão cumpria pena no semiaberto desde o dia 21 de junho de 2016, teve novo regime instaurado no dia 6 de junho e, desde então, cumpre pena domiciliar. O Presídio Pio Canedo em Pará de Minas, não quis comentar o caso.

Luiz Henrique Romão, o Macarrão, durante júri popular (Foto: Maurício Vieira/G1)

Luiz Henrique Romão, o Macarrão, durante júri popular (Foto: Maurício Vieira/G1)

Transferência

Macarrão é um dos principais envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza Samudio. Desde junho de 2016 estava preso em Pará de Minas, quando conseguiu progressão para o regime semiaberto e passou a sair do presídio para trabalhar como zelador de uma igreja evangélica.

Antes, ele estava na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, mas o complexo não aceitava o regime semiaberto, por isso a defesa pediu a transferência para a cidade do interior.

O advogado Wasley César de Vasconcelos, disse à época ao G1 que pediu a transferência para a Justiça para que o cliente pudesse ficar mais perto de parentes que moram em Pará de Minas.

G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Polícia

Veja Também

Simaria fala sobre novo afastamento dos palcos

A cantora Simaria, que faz dupla com Simone, esclareceu nas redes sociais sobre seu novo p…