Home Polícia Macarrão passa a cumprir pena no regime aberto em Pará de Minas, aponta publicação do TJMG

Macarrão passa a cumprir pena no regime aberto em Pará de Minas, aponta publicação do TJMG

2 primeira leitura
0

Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, que cumpria pena no regime semiaberto no Presídio Pio Canedo em Pará de Minas, cumpre pena no regime aberto desde o último dia 26 de junho, de acordo com publicação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O G1tentou contato com o advogado do condenado, Wasley César de Vasconcelos, porém as ligações não foram atendidas.

De acordo com a Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap), Macarrão cumpria pena no semiaberto desde o dia 21 de junho de 2016, teve novo regime instaurado no dia 6 de junho e, desde então, cumpre pena domiciliar. O Presídio Pio Canedo em Pará de Minas, não quis comentar o caso.

Luiz Henrique Romão, o Macarrão, durante júri popular (Foto: Maurício Vieira/G1)

Luiz Henrique Romão, o Macarrão, durante júri popular (Foto: Maurício Vieira/G1)

Transferência

Macarrão é um dos principais envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza Samudio. Desde junho de 2016 estava preso em Pará de Minas, quando conseguiu progressão para o regime semiaberto e passou a sair do presídio para trabalhar como zelador de uma igreja evangélica.

Antes, ele estava na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, mas o complexo não aceitava o regime semiaberto, por isso a defesa pediu a transferência para a cidade do interior.

O advogado Wasley César de Vasconcelos, disse à época ao G1 que pediu a transferência para a Justiça para que o cliente pudesse ficar mais perto de parentes que moram em Pará de Minas.

G1

Carregar mais por Polícia

Veja Também

Grupo Parlamentar Brasil/Itália pede para Temer extraditar Battisti

Por Agência Brasil O presidente do Grupo Parlamentar Brasil/Itália, deputado federal Ruben…