Cinco juízes do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) votaram esta terça-feira contra o habeas corpus preventivo e a favor da prisão de Luiz Inácio Lula da Silva.

 

 

O tempo começa a esgotar-se para o ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva. Esta terça-feira, os cinco juízes do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) votaram a favor da detenção do histórico líder do Partido dos Trabalhadores, depois de esgotados os recursos,  e contra o habeas corpus.

A defesa de Lula da Silva pretendia um habeas corpus preventivo, de forma a evitar a prisão do ex-presidente brasileiro.

Felix Fischer, relator do caso na Corte, Jorge Mussi e Reynaldo Soares da Fonseca já votaram. Marcelo Navarro Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik ainda vão votar.

No passado mês de janeiro, recorde-se, Lula da Silva foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Com esta votação, o STF pretende decidir se Lula da Silva pode começar, de imediato, a cumprir a sua pena de prisão.

[Notícia em atualização]

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Golpe contra aposentados é aplicado por telefone

Aposentados devem ficar em alerta para golpe (Fotoarena/Folhapress) Estelionatários estão …