Foto: Rnani Ogata

O delegado da Policia Federal Igor Romário de Paula disse que não está descartada a possibilidade de se negociar com a defesa a entrega do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mesmo após o prazo estipulado por Moro para que o petista se apresente de maneira voluntária. O prazo se encerrou às 17h desta sexta-feira (6).

— Não se descarta após as 17h tentar uma negociação para que uma apresentação seja feita. Mas isso a equipe que está no lugar que vai avaliar melhor conduta pra que não exista confronto.

A declaração foi feita após uma reunião entre Polícia Militar, Civil, Departamento de Inteligência do Paraná e Rodoviária Federal sobre o esquema de segurança.

Romário de Paula também disse que é pequena a chance da Polícia Federal entrar no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC para prender Lula.

— A hipótese (de entrar no sindicato dos metalúrgicos para prender Lula) é remota nesse momento.

Ainda segundo o delegado, caso o ex-presidente não se entregue, ele acredita que não deve demorar para que a ordem de prisão seja cumprida pela Polícia Federal.

— Eu não acredito que se prolongue por muito tempo. Mas estão sendo consideradas uma série de coisas para evitar confronto. Este tipo de prisão gera ânimos exaltados de vários lados.

Ele também comentou que não acredita que Lula represente algum risco, mas que se for preciso,será feito o uso de algemas.

— Se houver risco, as algemas podem e devem ser usadas.

Fonte: R7

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Aguirre reúne atletas do São Paulo para conversa antes do treino

Tricolor vive momento delicado na temporada e precisa demonstrar reação dentro de campo; R…