Home Esportes Seleção brasileira vive seu segundo maior jejum de vitórias em Copas

Seleção brasileira vive seu segundo maior jejum de vitórias em Copas

3 primeira leitura
0

Thiago Silva e Neymar na estreia do Brasil na Copa de 2018/Laurence Griffiths

 

Sem vencer nas últimas três partidas em Copas do Mundo, seleção brasileira vive sua pior sequência sem vitória nos últimos 40 anos em Mundiais

 

O empate da seleção brasileira contra a Suíça, neste domingo (17), em sua estreia na Copa do Mundo de 2018, registrou duas marcas negativas para o time canarinho.

O resultado final de 1 a 1 em Rostov serviu para quebrar uma sequência de nove estreias com vitória do Brasil em Copas do Mundo (desde 1982) e também a registrar a segunda maior série sem vitórias na seleção na história dos Mundiais.

Desde 1930, o maior jejum de vitórias da seleção brasileira foi de quatro jogos entre 1974 (dois jogos) e 1978 (mais dois jogos). Agora, são três partidas sem vitória. Duas em 2014: 7 a 1 contra a Alemanha, na semifinal, e 0 a 3 contra a Holanda, na disputa do 3º lugar, e uma agora em 2018, contra a Suíça (1 a 1).

Em 1974, a seleção brasileira perdeu para a Holanda por 2 a 0 na fase semifinal, e depois perdeu para a Polônia na disputa do 3º lugar (1 a). Em 1978, o Brasil estreou com empate contra a Suécia (1 a 1) e depois empatou com a Espanha (0 a 0), na segunda partida do Mundial realizado na Argentina.

Maiores jejuns de vitória da seleção brasileira em Copas do Mundo:
4 jogos – 1974/1978

0 x 2 Holanda – fase semifinal (1974)
0 x 1 Polônia – disputa do 3º lugar (1974)
1 x 1 Suécia – primeira fase (1978)
0 x 0 Espanha – primeira fase (1978)

3 jogos – 2014/2018
1 x 7 Alemanha – semifinal (2014)
0 x 3 Holanda – disputa do 3º lugar (2014)
1 x 1 Suíça – primeira fase (2018)

2 jogos – 1998
1 x 1 Holanda – semifinal (1998)
0 x 3 França – final (1998)

2 jogos – 1974
0 x 0 Iugoslávia – primeira fase (1974)
0 x 0 Escócia – primeira fase (1974)

2 jogos – 1966
1 x 3 Hungria – primeira fase (1966)
1 x 3 Portugal – primeira fase (1966)

2 jogos – 1954
1 x 1 Iugoslávia – primeira fase (1954)
2 x 4 Hungria – quartas de final (1954)

Fonte: R7

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Esportes

Veja Também

Ataque de Fernando Haddad ao Bispo Macedo provoca indignação em mais de 140 líderes religiosos

Haddad chamou Edir Macedo de ‘charlatão fundamentalista’ Declaração do candida…