Até o momento, placar está 7 a 1; caso está sendo julgado no plenário virtual da Corte

 

 

maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou novo recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a prisão após condenação em segunda instância, no caso do triplex no Guarujá (SP). O caso está sendo julgado no plenário virtual da Corte, desde a última sexta-feira (7).

Lula está preso na Polícia Federal em Curitiba (PR), sentenciado a 12 anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Neste processo, a defesa do ex-presidente buscava garantir a presença dele na disputa ao Palácio do Planalto. A pena do petista foi imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Leia Também: STJD acata liminar do Atlético, e Cruzeiro terá que reduzir valor dos ingressos de visitante; veja os novos preços

Até o momento, o placar está em 7 a 1 contra a liberdade de Lula, segundo o portal G1. Votaram contra o recurso os ministros Luiz Edson Fachin, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Gilmar Mendes. Marco Aurélio Mello foi o único a votar a favor do político.

O prazo para a votação dos demais ministros, que é feita de forma remota e sem a necessidade de discussão presencial, termina às 23h59 de hoje (14). Ainda são aguardados os votos de Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil deflagra ação de combate ao tráfico próximo de escolas

Coordenada pelo Conselho dos Chefes de Polícia Civil, operação Anjos da Lei contou com par…