Ação contra Roberto Góes (PDT) irá para a Justiça do Amapá, e inquérito sobre Rogério Marinho (PSDB), para a 1ª instância de Natal. STF decidiu que foro só vale para casos relacionados ao mandato.

Veja Também

Coreia do Norte está comprometida com desnuclearização completa e encontro com Trump, diz Coreia do Sul

SEUL (Reuters) – O líder norte-coreano Kim Jong Un reafirmou seu compromisso de “com…