Home Cidade Unidades da Polícia Civil da Baixada Santista recebem nova liderança

Unidades da Polícia Civil da Baixada Santista recebem nova liderança

8 primeira leitura
0

Foto: Rodrigo Croos

Os delegados Manoel Gatto Neto e Carlos Topfer Schneider assumem a chefia do Deinter 6 e da Seccional de Santos, respectivamente

 

Por Rodrigo Croos e Paula Vieira

O delegado Manoel Gatto Neto assumiu, nesta quinta-feira (14), o cargo de novo diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 6 (Deinter-6), enquanto o delegado Carlos Topfer Schneider, ficará à frente da Delegacia Seccional de Santos. O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, participou das posses.
PUB
 “Hoje é um dia muito importante aqui no Deinter- 6, que é um dos maiores departamentos do Estado de São Paulo. Viemos aqui para Santos para prestigiar a posse dos delegados Manoel Gatto e Carlos Topfer Schneider, sendo um momento importante para Polícia Civil e para a Baixada Santista”, destacou o secretário. “A escolha foi natural e a tendência da Polícia Civil aqui da Baixada é crescer cada vez mais.”
Manoel Gatto Neto é o novo responsável pelo Deinter 6, que abrange todos os distritos policiais e unidades especializadas da região da Baixada Santista e Vale do Ribeira. Delegado de polícia de classe especial, aos 53 anos, ele assume a unidade, após comandar a Delegacia Seccional de Santos por cerca de três anos e meio.
“Quero renovar meu compromisso de acolher a todos os policiais, de garantir um ombro amigo, assegurar a transparência e a legalidade de tudo que fizermos e principalmente dar mais esperança de dias melhores a todos” afirmou o delegado Gatto, emocionado em seu discurso de posse.
O novo diretor do departamento nasceu em Itapetininga e ingressou na Polícia Civil em 1989, como delegado. Já atuou como titular de várias delegacias, como Cananéia, Jacupiranga e Registro. Também liderou unidades especializadas como Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise).
Professor concursado da Academia de Polícia de São Paulo (Acadepol), titular da cadeira de Prática e Organização Cartorária em 2001, o delegado já ocupou o cargo de titular da Delegacia Seccional de Jacupiranga, entre 2008 e 2015, e respondeu pelas Delegacias Seccionais das cidades de Registro e de Itanhaém.
Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), no ano de 1987, já trabalhou na Procuradoria do Estado e em escritórios de advocacia. Ao longo da carreira, também recebeu os títulos honoríficos de Cidadão de Cananéia, Registro, Jacupiranga, Cajati e São Miguel Arcanjo.
Presente no evento, o delegado geral em exercício Júlio Gustavo Viera Guebert, enalteceu a escolha para os cargos de diretor do Deinter-6 e delegado seccional “Eu conheço muito bem vocês e sei da capacidade de cada um. Tenho certeza que o departamento e a seccional ficaram em boas mãos.”
Nova liderança na Seccional de Santos
Carlos Topfer Schneider é o novo titular da Delegacia Seccional de Santos, que abrange os distritos policiais das cidades de Santos, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Bertioga e Cubatão. Aos 50 anos, ele assume a unidade, após a promoção do então chefe Manoel Gatto Neto.
O novo delegado seccional nasceu no município de São Paulo. Em 1989 ingressou na Polícia Civil, na carreira de investigador e, após cerca de cinco anos, tornou-se delegado de polícia. Em 1992, formou-se bacharel em Direito pela Faculdade Católica de Santos.
“Temos que nos aproximar de todos os poderes legítimos e nos unirmos no combate ao crime, com todas nossas forças, com todas as nossas armas” destacou o delegado Schneider.
Ao longo da carreira já atuou como titular no 1º Distrito Policial de Praia Grande, 2º DP de Guarujá e 7º DP de Santos. Também foi delegado assistente no 3º DP de Santos e da 1ª Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur).
Além disso, já atuou como diretor na Cadeia Pública de Praia Grande e nos Departamentos de Trânsitos (Detrans) de Praia Grande e Santos. Antes de assumir à Seccional de Santos, era delegado titular da cidade de São Vicente, desde janeiro de 2015.
Professor da Acadepol, o delegado também possui formação nos cursos de Sobrevivência Policial, Gerenciamento de Crises, Investigação Policial, Agentes Químicos, Ocorrências com Explosivos, Condutor de Veículos Especiais e Operador Tático I e II.
Fonte: SSP SP
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Cidade

Veja Também

Ataque de Fernando Haddad ao Bispo Macedo provoca indignação em mais de 140 líderes religiosos

Haddad chamou Edir Macedo de ‘charlatão fundamentalista’ Declaração do candida…