Analistas temem discurso radical após avaliação negativa do governo

2 primeira leitura
0

Para analistas e políticos, Bolsonaro precisa urgentemente tentar emplacar sua agenda no Congresso

Analistas do mercado financeiro e líderes de partido estão preocupados e com medo de que o presidente Jair Bolsonaro reaja com uma radicalização do discurso após o desgaste de seu governo nos primeiros 100 dias de mandato, diz a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. A pesquisa Datafolha aponta que o governo possui a pior avaliação da história dentre todos os presidentes.

Para analistas e políticos, Bolsonaro precisa urgentemente tentar emplacar sua agenda no Congresso; a outra alternativa é apostar no atual cenário e radicalizar o discurso. A reação do presidente aos dados fez com que o mercado apostasse suas fichas no segundo caminho, o que não é bem visto de forma alguma.

Especialistas, conselheiros de bancos e investidores avaliam que o presidente perdeu o “timing” de influência no Congresso, um cenário ruim para a aprovação da reforma da Previdência, pois a aprovação de apenas 32% da sociedade permite poucas chances de êxito. Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…