Home Bcn Assaltante que ficou em estado grave após troca de tiros com a polícia morre durante cirurgia em Cruzeiro do Sul

Assaltante que ficou em estado grave após troca de tiros com a polícia morre durante cirurgia em Cruzeiro do Sul

4 primeira leitura
0
Assaltante que ficou em estado grave após troca de tiros com a polícia morreu durante cirurgia em Cruzeiro do Sul

Homem chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu. O comparsa dele morreu durante a ação da PM. Caso ocorreu nesta sexta (24) na comunidade Santa Bárbara, zona rural do município.

 

 

O segundo assaltante que ficou em estado grave após trocar tiros com policiais militares na manhã desta sexta-feira (24), morreu enquanto passava por cirurgia no pronto-socorro em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. O homem foi identificado como Anderson Silva de Aquino.

A informação foi confirmada pelo comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar, major Evandro Bezerra. O outro acusado morreu no local da ocorrência na comunidade Santa Bárbara, na BR-307, na zona rural do município.

Os policiais foram atender ao chamado de um morador, que informou que dois homens teriam invadido um pequeno comércio armados com escopeta e teriam rendido a proprietária que estava com uma criança de colo de 1 ano no momento do assalto.

Conforme o boletim de ocorrência, os assaltantes teriam apontado a arma para o peito do menino e obrigado os proprietários a fazer a entrega do dinheiro. Em seguida, fugiram pela BR-307.

Troca de tiros

Ainda no boletim, a PM relatou que um morador informou que a dupla estava sentada às margens da rodovia na frente de uma casa abandonada. A guarnição foi encaminhada ao local e ao chegar foi recebida com tiros e revidou.

Depois disso, os policiais se aproximaram e perceberam que os dois haviam sido atingidos e estavam feridos. Um deles morreu no local, o outro foi levado ao hospital, mas também não resistiu.

De acordo com a Polícia Militar, até a tarde desta sexta (24), as investigações sobre o caso ainda estavam em andamento e os dois homens ainda não tinham sido identificados. No entanto, a polícia teve informações que os acusados são suspeitos de praticar vários assaltos em comunidades rurais de Cruzeiro do Sul.

“Segundo informações de moradores, esses indivíduos estavam há duas semanas cometendo roubos na região. Faziam tipo arrastão. Por ser comunidades de difícil acesso, eles efetuavam os roubos e se escondiam na mata. É uma região de muita mata. Foi o que fizeram hoje também”, concluiu o major Evandro Bezerra.

Fonte: G1

PUB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…