Grupo ficou cerca de uma hora no local; levou um carro, joias, dinheiro, celulares, televisão, notebooks e até as imagens das câmeras de segurança. Polícia Civil investiga caso.

Quatro assaltantes armados invadiram um escritório de advocacia por volta das dez horas da manhã desta terça-feira (1º), na QL 6 do Lago Sul, em Brasília. Eles fizeram quinze reféns, entre advogados e funcionários.

Segundo a Polícia Civil do DF, o grupo passou cerca de uma hora no local e fugiu levando uma caminhonete, joias, dinheiro, celulares, televisão, computadores e até as imagens das câmeras de segurança.

Ainda de acordo com informações preliminares da Polícia Civil, os bandidos não sabiam que no endereço – cercado por casas de alto padrão – funcionava um escritório. Eles buscavam fazer um assalto a residência. Os quatro homens aproveitaram o momento em que um advogado chegou e abriu o portão da garagem para entrar. Testemunhas disseram que o grupo ameaçou e até agrediu algumas pessoas.

A Polícia Militar do DF foi acionada por volta 11h, quando os assaltantes deixaram o local. A cozinheira, Nádia Alves, que trabalha em frente ao escritório falou ao G1 que não tinha como desconfiar de nada.

“O Fluxo de carros entrando e saindo do escritório é muito grande, durante todo o dia. Eu só me dei conta quando os bandidos foram embora e os funcionários começaram a gritar por socorro. Essa é uma área muito tranquila, agora vou ficar com receio”, disse a cozinheira.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (DRF), da Polícia Civil do DF, que informou que as vítimas já foram ouvidas e que a perícia esteve no local. Ainda segundo a Polícia Civil, outras informações não serão divulgadas para não atrapalhar as investigações.

Fonte: G1
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Agência revela que divulgou campanha de Bolsonaro nas eleições por App

Empresas brasileiras contrataram uma agência de marketing na Espanha para fazer, pelo What…