Ao responder sobre as manifestações que apoiadores organizam para o próximo dia 26, que inclui protesto contra o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que espera “não ter nenhum infiltrado de camisa verde e amarela, com faixa pedindo para fechar o STF”. A declaração foi dada durante café da manhã com jornalistas nesta quinta-feira (23/5).

Bolsonaro foi incisivo ao se opor a um protesto contra a Suprema Corte: “Quem estiver com essa pauta, estará na manifestação errada. Não fará bem ao Brasil”, fazendo uma comparação de pedidos desse tipo ao regime de Nicolás Maduro na Venezuela: “(Um pedido desses) está mais para Maduro do que para Jair Bolsonaro. Quem fala em fechar o STF não está alinhado com a minha politica”, ressaltou.

A manifestação do dia 26 vem causando polêmica entre vários grupos que apoiaram o presidente Bolsonaro. Alguns usaram suas redes sociais chamando para o ato e incluíram entre os temas protestos contra o STF e o pedido de impeachment dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli, atual presidente do Supremo.

O Movimento Brasil Livre, do deputado Kim Kataguiri (DEM-SP); a deputada estadual paulista Janaína Paschoal (PSL), o Vem pra Rua e outros, desistiram de participar. O presidente Bolsonaro não irá ao evento, mas acredita que será um ato em apoio ao governo e às reformas. Fonte: Correio Braziliense

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…