Boulos e Bolsonaro trocam farpas após declaração do líder do MTST

3 primeira leitura
0

A frase foi dita em um ato público, na quarta-feira (10) e o público reagiu gritando “Bolsonaro, presta atenção, a sua casa vai virar ocupação”

 

presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e o candidato derrotado no primeiro turno Guilherme Boulos (PSOL) trocaram farpas pelas redes sociais por causa de uma declaração do líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) em que ele disse que seu grupo “ocupa terrenos improdutivos e a casa do Bolsonaro não parece muito produtiva”.

A frase foi dita em um ato público, na quarta-feira (10) e o público reagiu gritando “Bolsonaro, presta atenção, a sua casa vai virar ocupação”.

O candidato do PSL publicou uma resposta neste domingo (14). “Esta ameaça vai ser transmitida pela mídia ou só quando eu responder como defenderei minha família e propriedade, tentando me imputar novamente como o maior vilão do universo?”, disse numa conta numa rede social.

Bolsonaro gravou um vídeo ao lado da esposa, Michelle, em que diz que Boulos o ameaçou naquele comício e então fez uma defesa da posse da arma e de fogo “para o cidadão de bem” e o excludente de ilicitude para quem matar um invasor de propriedade. Bolsonaro também já disse anteriormente que, na Presidência, irá classificar movimentos como o MTST como grupos terroristas.

Boulos também postou um vídeo rebatendo o candidato do PSL, dizendo que o MTST “nunca ocupou a casa de ninguém”. Ele disse que “quem viu o vídeo e junta lé com cré percebe que foi uma ironia”.

“O MTST ocupa terrenos e prédios – nunca ocupou a casa de ninguém -que estão abandonados há muito tempo, em situação de abandono e ilegal de acordo com a Constituição”, disse Boulos. “Se buscasse (Bolsonaro) saber, se buscasse minimamente estudar o que é a atuação do movimento social, saberia disso”, rebateu.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…