O que você estava fazendo no início da sua juventude? Um mês depois de completar 20 anos, a brasileira Duda ganhou, nesta terça-feira (04/9), o prêmio de melhor jogadora do mundo do vôlei de praia pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Com isso, a sergipana quebrou um recorde ao se tornar a jogadora mais nova a ganhar o prêmio. Além da conquista, ela foi eleita a melhor jogadora ofensiva e o melhor ataque da temporada, que foi consagrada com o título no Circuito Mundial 2018 ao lado da parceira Ágatha.

A pouca idade e o alto rendimento parecem ser pontos fortes da atleta. Tanto é que o título, conquistado no final de agosto, também lhe rendeu a quebra de outro recorde. Após 23 temporadas, Duda se tornou a atleta mais jovem a vencer o circuito do vôlei de praia. Até então, outra brasileira era dona deste recorde. A campeã olímpica Sandra Pires conquistou o título com 21 anos, somente um a mais que Duda.

O segredo para o título no Circuito Mundial foi a regularidade da dupla formada com Ágatha. Duda é parceira da medalhista olímpica desde janeiro de 2017, ano em que bateram na trave e foram vice-campeãs da competição. Este ano, as brasileiras disputaram 10 torneios dentro do circuito e conquistaram dois ouros, uma prata e um bronze. Além disso, chegaram a outras duas semifinais. Atualmente, com 5480 pontos, as brasileiras ocupam o primeiro lugar no ranking feminino internacional.

Outro título importante conquistado por Duda e Ágatha na temporada foi o primeiro lugar do World Tour Finals, etapa mais importante do ano no vôlei de praia mundial, em agosto. As duas também bateram na trave no ano passado e ficaram em segundo lugar. Mas este ano, o título da competição, que reúne as “top 10” da temporada, veio. Na final, a dupla brasileira superou as tchecas Hermannova e Slukova por 2 sets a 0 e conquistaram o maior premio pago em um único torneio de vôlei de praia da FIVB. Desde o início da parceria, elas disputaram 12 semifinais em 20 torneios internacionais.

Com 15 anos a mais que Duda, Ágatha também terminou a temporada em alta e com prêmios na mão. A medalhista de prata dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 foi eleita a jogadora mais inspiradora e a esportista do ano pela FIVB. As duas foram as únicas brasileiras premiadas na temporada de 2018.

Veja alguns títulos de Duda
> Campeã do Circuito Mundial 2018
> Campeã do World Tour Finals de 2018
> Bicampeã Mundial Sub-21 em 2016 e 2017
> Tricampeã mundial Sub-19 em 2013, 2014 e 2016
> Vice-campeã do World Tour Finals 2017
> Campeã dos Jogos Olímpicos da Juventude em 2014

Prêmios individuais e recordes
> Atleta mais jovem a conquistar o prêmio de melhor jogadora do mundo
> Atleta mais jovem a vencer o Circuito Mundial do vôlei de praia
> Melhor recepção do Circuito Brasileiro 17/18
> Eleita a melhor novata do Circuito Mundial 2016
> Atleta que mais evoluiu no Circuito Brasileiro 2015/2016
> Eleita revelação do Circuito Brasileiro 2013/2014.

Fonte: Correio Braziliense

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…