Capitão em Dérbi e surpresa na Copa: Felipão e Henrique se reencontram em Palmeiras x Corinthians

7 primeira leitura
0

Técnico disputa clássico depois de seis anos – no último, zagueiro do rival estava do mesmo lado

 

 

Dos 22 jogadores que vão entrar em campo no Palmeiras x Corinthians deste domingo, às 16h (de Brasília), na arena do Verdão, apenas um esteve no último Dérbi disputado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, há seis anos. Justamente o de maior confiança do comandante.

Atualmente peça fundamental da defesa do Corinthians, o zagueiro Henrique era capitão do Palmeiras naquele 24 de junho de 2012, quando o Timão, com reservas, venceu os titulares do rival por 2 a 1 e foi embalado para as finais da Taça Libertadores contra o Boca Juniors.

O atacante Willian, hoje no Palmeiras, estava em campo pelo Corinthians, mas não deve começar jogando porque Felipão vai escalar reservas.

Com o time reserva, Corinthians bate o Palmeiras no Pacaembu

Com o time reserva, Corinthians bate o Palmeiras no Pacaembu

 

Semanas depois daquele Dérbi, apesar de o Corinthians ter conquistado a Libertadores, o Palmeiras não ficaria sem título – seria campeão da Copa do Brasil sobre o Coritiba, conquista que nasceu justamente numa mudança tática de Felipão que envolveu Henrique.

Na ocasião, o zagueiro foi deslocado para o meio-campo às vésperas da semifinal contra o Grêmio, protegendo mais os dois defensores e tornando o Palmeiras difícil de ser batido. Nos quatro jogos da Copa do Brasil com esse esquema, o Verdão sofreu apenas dois gols e levou a taça.

Mais experiente, Henrique é um dos líderes do atual Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Mais experiente, Henrique é um dos líderes do atual Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr.) 

 

Dois anos depois, em 2014, o zagueiro ainda seria a maior surpresa do técnico na lista de convocados da seleção brasileira para a Copa do Mundo.

– Faltam palavras. Eu não sabia o que falar. Estava acompanhado com a minha família e meus amigos aqui pela televisão, aqui em casa. Todos estavam na expectativa. Eu estava muito nervoso. É uma felicidade imensa – disse Henrique, na ocasião.

Apesar da confiança, Henrique só entrou em campo uma vez na Copa, na vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia. Do banco de reservas do Mineirão, viu a derrota traumática por 7 a 1 para a Alemanha. Dias depois, em Brasília, viu o Brasil perder o terceiro lugar para a Holanda.

Os dois não se reencontraram nos gramados desde então – espera que vai acabar neste domingo.

Veja as informações do Dérbi deste domingo:

Local: arena do Palmeiras, em São Paulo
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável do Palmeiras: Fernando Prass (Weverton), Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Gabriel Furtado (Jean) e Lucas Lima; Artur, Hyoran e Deyverson (Papagaio)
Desfalques do Palmeiras: Gustavo Scarpa (inflamação no calcanhar), Guerra (recuperação física), Bruno Henrique (edema na panturrilha) e Borja (lesão na panturrilha)
Pendurados do Palmeiras: Marcos Rocha, Willian, Thiago Santos, Deyverson, Victor Luis e Mayke
Escalação provável do Corinthians: Cássio, Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jadson e Romero; Roger
Desfalques do Corinthians: Pedro Henrique e Sergio Díaz (fase final de preparação física), Fagner (lesão muscular na coxa esquerda) e Renê Júnior (cirurgia no joelho esquerdo)
Pendurados do Corinthians: Henrique, Gabriel, Paulo Roberto e Romero
Arbitragem: Jean Pierre Goncalves Lima (RS) apita a partida, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Transmissão: TV Globo para SP, SC, PR, MG, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, RN, CE, MA, PA e DF (com Cleber Machado, Caio Ribeiro, Casagrande e Leonardo Gaciba) e Premiere e Premiere HD (com Jota Jr. e Mauricio Noriega).

Fonte: Globo Esportes

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…