Home Brasil Celso de Mello libera ação contra Gleisi e Paulo Bernardo para julgamento

Celso de Mello libera ação contra Gleisi e Paulo Bernardo para julgamento

3 primeira leitura
0

Foto: Minervino Junior

Dupla é acusada de ter solicitado e recebido R$ 1 milhão em propina de verba desviada da Petrobras

 

 

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF) liberou para julgamento, nesta sexta-feira (8/6), uma ação penal contra a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o ex-ministro Paulo Bernardo, na lava-Jato. Com o ato do magistrado, a Corte poderá marcar o julgamento.

De acordo com o Ministério Público Federal, Gleisi e o marido, Paulo Bernardo, receberam R$ 1 milhão em propina de dinheiro desviado da Petrobras. Os valores teriam sido destinado a campanha política da senadora, pagos em quatro parcelas de R$ 250 mil. Celso de Mello é revisor do processo.

O caso será julgado pela 2ª Turma do Supremo. O colegiado é composto por Celso de Mello, Edson Fachin (relator da Lava-Jato), Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli. Não há data marcada para o julgamento, mas a expectativa é de que ocorra antes do recesso, ou seja, ainda este mês.

A denúncia contra Gleisi, Paulo Bernardo e o empresário Ernesto Kugler Rodrigues foi recebida por unanimidade pelo STF em 27 de setembro de 2016.

Primeiro

Em maio, a 2ª Turma do STF condenou, por unanimidade, o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) a 13 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime inicial fechado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro cometidos em esquema de desvios na Petrobras. Meurer foi o primeiro parlamentar condenado pela Corte na Operação Lava-Jato.

Meurer poderá recorrer da condenação em liberdade. Os ministros também decidiram que caberá à Câmara analisar se o parlamentar deve ou não perder o cargo. O deputado terá de pagar uma multa de cerca de R$ 265 mil, em valores que ainda precisam ser corrigidos pela inflação.

Fonte: Correio Braziliense

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Brasil

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…