Iztapalapa, uma das áreas mais pobres e populosas da Cidade do México é a que mais sofreu com a falta de água

Os habitantes da Cidade do México se preparam para viver sem água potável a partir desta quarta-feira até o dia 3 de novembro devido a obras de manutenção que se transformarão num desafio ao abastecimento na cidade.

A falta de água na capital mexicana obedece aos trabalhos que serão realizados no sistema Cutzamala, uma obra de engenharia civil que fornece parte da água potável que a cidade recebe do estado de Michoacán.

A medida deverá afetar quase metade dos cerca de oito milhões de habitantes da cidade.

Dado o impacto da escassez temporária de água, as autoridades estão preparando o uso de caminhões-cisterna que darão prioridade a áreas estratégicas como escolas, hospitais e prisões.

Além disso, pediram à população para armazenar água e usá-la com moderação durante os dias em que as obras em Cutzamala serão executadas.

O serviço deve normalizar a partir de 4 de novembro, quinto dia após a interrupção do fornecimento, e que seja completamente restaurado até 8 de novembro.

Fonte: AFP

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…