Delegacia de Polícia Civil de Guajará-Mirim (Foto: Lena Mendonça)

Prisões aconteceram durante operação da Polícia Civil. Aparelhos de televisão foram furtados em março de 2018 em uma loja de eletrodomésticos do município.

 

Cinco mandados de prisão preventiva e, busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta quinta-feira (30), em Guajará-Mirim (RO), cidade a pouco mais de 330 quilômetros de Porto Velho. Segundo a Polícia Civil, cinco pessoas foram presas, sendo três homens e duas mulheres.

Os mandados foram expedidos aos envolvidos pelo furto de 47 aparelhos de televisão de uma loja de eletrodomésticos do município. O crime aconteceu em março deste ano.

Segundo relatório da Polícia Civil, dos 47 aparelhos de televisão, três foram recuperados e 31 foram contrabandeados para a Bolívia.

“Tanto os mandados de prisão preventiva, quanto os de busca e apreensão foram decretados por já existirem indícios suficientes de autoria e existência da materialidade do crime”, destacou Luisa Ximenes, delegada responsável pelo caso.

A delegada acrescentou ainda que o cumprimento dos mandados é por garantia da ordem pública, preservação das provas e para evitar fuga dos suspeitos.

As cinco pessoas presas vão responder pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa. Eles podem ser condenados de 2 a 8 anos, e de 1 a 3 anos de prisão, respectivamente.

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…