Bailarinas se apresentam na Virada Cultural de 2018

No ano passado, evento ficou mais no Centro e em 12 subprefeituras. Virada acontece no sábado (18) e domingo (19), com shows gratuitos de nomes como Anitta, Pabllo Vittar e Caetano Veloso.

A Virada Cultural 2019 aumentou em 157% o número de pontos de atividades em comparação à edição do ano passado: foi de 97 para 250, de acordo com dados da Secretaria Municipal da Cultura. Todas as 32 subprefeituras da cidade terão programação, contra 12 no ano passado.

O número de atrações também aumentou: de 900, em 2018, para 1.200, neste ano (33%). O investimento de 2019 (R$ 18.840) foi R$ 188 mil a mais do que no ano anterior (R$ 18.652).

A Virada acontece neste sábado (18) e domingo (19), e tem atrações gratuitas como shows de Anitta, Pabllo Vittar e de Caetano Veloso e seus filhos.

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA VIRADA CULTURAL 2019

Virada Cultural 2019 — Foto: Rodrigo Sanches/G1
Virada Cultural 2019 – Foto: Rodrigo Sanches

O evento cresceu para fora do Centro. Ao todo, são 35 palcos, sendo 27 no Centro e oito descentralizados. No ano passado, foram 5 palcos fora da região central. Os trens do metrô e da CPTM funcionarão ininterruptamente durante a Virada.

A segurança do público, porém, só foi reforçada no Centro. A Prefeitura anunciou 3 postos policiais centrais. O primeiro no Vale do Anhangabaú, o segundo na Praça Roosevelt e o terceiro na sede do Copom, no Bom Retiro. Em 2018, houve apenas uma base central. Serão 5.290 policiais no sábado (18) e 5.678 no domingo (19) nas ruas da cidade, de acordo com a Polícia Militar.

Guinness Book

A Virada deste ano é a primeira sob o comando de Alê Youssef como secretário da Cultura, que sucedeu André Sturm. De acordo com Youssef, a ideia é oficializar o evento no Guiness Book como maior festival 24 horas do mundo.

“A gente não tem esse dado ainda oficialmente, mas a Virada é um dos maiores festivais de cultura do mundo, talvez o maior festival 24 horas do mundo e nós vamos buscar esse reconhecimento. É uma virada para multidões”, disse ele.

De acordo com o secretário, a ideia é a de que a Virada se torne a cara da cidade.

“A gente precisou focar em um projeto robusto, impactante, de multidão, para reconstruir e reposicionar a Virada para ela voltar a ser um dos maiores eventos da cidade. Buscamos que ela seja um encontro com as diferenças, das pontes, da tolerância, da diversidade, que representa tão bem a cidade”, disse ele em coletiva de imprensa na última quarta-feira (8). Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Evelyn Agnes
Carregar mais por BCN

Veja Também

Charlize Theron vai te deixar com vontade de aderir à franjinha pin-up

Charlize Theron de franjinha postiça para a pré-estreia de Casal Improvável em Nova York A…