Home Bcn Dado como desaparecido, homem aparece dizendo ter sofrido acidente com a esposa e é preso pela morte dela

Dado como desaparecido, homem aparece dizendo ter sofrido acidente com a esposa e é preso pela morte dela

5 primeira leitura
0

Um homem de 30 anos foi preso nessa segunda-feira (13) acusado de assassinar a esposa, de 20 anos, e inventar um acidente para encobrir a morte dela. Ele apareceu na delegacia seis dias depois de ambos serem dados como desaparecidos. Ele disse que ambos sofreram um acidente – e apresentou como prova vários arranhões pelo corpo – e que nesse acidente a esposa havia morrido.

O caso aconteceu em Matupá (682 km de Cuiabá). A família da vítima, Lucimar Sousa de Oliveira, tinha registrado um boletim de ocorrência no último domingo (12), afirmando que ela e o marido, Itacir Lopes da Silva, estavam desaparecidos desde o dia 08 de agosto.

Segundo a família, o casal tinha deixado os filhos com uma conhecida, dizendo que iriam até Matupá buscar uma encomenda de roupas, pela estrada que dá acesso ao Distrito União do Norte. Eles afirmaram que iriam em uma motocicleta.

Os familiares da vítima entregaram fotos do casal à polícia do Distrito União do Norte e o desaparecimento foi espalhado em grupos do WhatsApp da região. Os policiais perguntaram se o casal tinha se desentendido recentemente e como era a convivência dos mesmos – e a família afirmou que Itacir era bastante ciumento.

Nessa segunda-feira (13), Itacir apareceu em uma unidade hospitalar relatando que a esposa tinha morrido em um acidente de trânsito sofrido pelo casal na sexta-feira (10) e que não se recordava detalhes do ocorrido.

Ele recebeu atendimento médico e depois foi encaminhado à delegacia para relatar o caso. Porém, segundo a Polícia Civil, o delegado Claudemir Ribeiro de Souza – responsável pelo caso – disse que o suspeito não colaborava com informações sobre o acidente e que seu depoimento foi repleto de falas desconexas e contraditórias.

Diversas indícios apontavam que Itacir estava inventando a história. Por exemplo, o suspeito apresentava marcas de arranhões pelo corpo, que a Polícia Civil entendeu que podia indicar uma possível luta corporal com a vítima. A motocicleta do casal foi encontrada junto ao corpo da vítima e ambos não apresentavam nenhum sinal de acidente – conforme perícia da Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica).

O corpo de Lucimar estava em avançado estágio de decomposição e a perícia deverá apontar a causa da morte. Familiares disseram à Polícia Civil que Lucimar já havia reclamado em ocasiões anteriores sobre o comportamento agressivo e ciumento do companheiro.

Itacir foi preso, acusado de ter assassinado a companheira. Ele passará por um procedimento pericial (exame de corpo de delito) na tarde desta terça-feira (14). O caso segue em investigação pela Polícia Civil.

Fonte: Metrópoles

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…