Frase foi dita em encontro com líderes evangélicos

 

 

presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que suas políticas serão derrubadas “com violência” caso o Partido Democrata vença as eleições legislativas de meio de mandato, em 6 de novembro de 2018, quando serão renovados todos os 435 assentos da Câmara dos Representantes e 35 dos 100 do Senado.

No pleito, estará em jogo o controle do Congresso norte-americano, hoje nas mãos do Partido Republicano. “Derrubarão tudo o que fizemos e o farão de modo rápido e violento. Quando olho para os ‘antifas’ [movimento antifascista], essas pessoas são violentas”, disse Trump em um encontro a portas fechadas na Casa Branca com líderes evangélicos.

A gravação da conversa foi obtida pela “CNN” e mostra o presidente tentando manter o apoio de um eleitorado determinante para sua vitória. “As eleições de 6 de novembro são um referendo não apenas sobre mim, mas também sobre sua religião, sobre a liberdade de expressão, sobre a Primeira Emenda”, afirmou Trump.

“Vocês precisam convencer o povo a nos apoiar. Se não o fizerem, será o início do fim de tudo o que vocês têm”, acrescentou. O magnata já tem tido dificuldade para emplacar algumas medidas no Congresso mesmo sob domínio republicano, como a revogação do “Obamacare”, o sistema de saúde criado por Barack Obama.

Emails

Em seu perfil no Twitter, Trump disse nesta quarta-feira (29) que emails de Hillary Clinton foram hackeados pela China, incluindo mensagens com informações confidenciais da época em que ela era Secretária de Estado (2009-2013).

“É melhor que o próximo passo seja do FBI e do Departamento de Justiça, ou sua credibilidade será perdida para sempre”, escreveu o presidente, que critica até hoje o fato de a polícia federal dos EUA não ter indiciado Hillary por usar servidores privados quando comandava a diplomacia norte-americana.

O Ministério das Relações Exteriores da China rebateu a acusação e garantiu que o país se opõe a “qualquer tipo de ataque cibernético e espionagem”.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…