Presidentes da CBF, Rogério Caboclo (E), e da Fifa, Gianni Infantino(D), chegam ao Palácio do Planalto para encontro com o presidente Jair Bolsonaro

Mandatários da Fifa e da CBF visitaram o presidente (alviverde) Jair Bolsonaro nesta quarta-feira

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, não reconhece Palmeiras e Fluminense como campeões mundiais de clubes, quando o alviverde e o tricolor carioca conquistaram a Copa Rio de 1951 e 1952, respectivamente. Para o mandatário da entidade máxima do futebol, é “muito complicado” classificar as conquistas de ambas as equipes como títulos mundiais. Manteve, no entanto, o posicionamento de reconhecer como campeões do mundo as equipes vencedoras da Copa Intercontinental, disputada entre 1960 e 2004.

A declaração foi dita depois de uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (10/4). A possibilidade de reconhecer competições vencidas antes da década de 1960 como títulos mundiais é remota, admite Infantino. “Não, isso é muito complicado. Já decidimos que são campeões do mundo as equipes campeãs a partir de 1960. Os demais, creio, no Brasil, e falamos também disso (com Bolsonaro), e no mundo, temos que olhar para o futuro e não para o passado”, declarou.

O debate se o Palmeiras é campeão do mundo ou não, entretanto, não foi debatido com o presidente, alviverde declarado. “Em uma segunda visita, nós voltamos a falar”, disse, aos risos.

Infantino, Bolsonaro e Caboclo: título do Palmeiras não foi mencionado entre os presidentes (Foto: Marcos Corrêa)

O presidente da FIFA ainda brincou dizendo que o presidente da República é “muito melhor” que ele no futebol. “Mas vamos jogar uma partida na próxima vez”, brincou.

A polêmica é antiga e nutre brincadeiras e alfinetadas entre os torcedores. O Palmeiras sustenta ser campeão mundial de clubes em 1951, competição em que superou a Juventus com uma vitória e um empate no Maracanã, em um placar agregado de 3×2. Em 1952, o Fluminense sagrou-se campeão do torneio, após uma vitória e um empate contra o Corinthians, em um placar agregado de 4 x 2. Fonte: Correio Braziliense

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

Agência revela que divulgou campanha de Bolsonaro nas eleições por App

Empresas brasileiras contrataram uma agência de marketing na Espanha para fazer, pelo What…