Boletins de Urna de Tóquio no Japão

Brasileiros que residem na Ásia vêm postando boletins de urnas nas redes sociais — a maioria com ampla vantagem do candidato do PSL

 

Muitos dos mais de 500.000 brasileiros que residem no exterior e estão aptos a votar já foram às urnas para escolher o futuro presidente do Brasil. Nas redes sociais, circulam boletins de votação de diversos países da Ásia e do Oriente Médio. Nas cidades do Japão — segundo país com mais eleitores brasileiros, atrás apenas dos Estados Unidos —, Jair Bolsonaro (PSL) lidera com folga em relação a Fernando Haddad (PT).

De acordo com as normas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não é ilegal fotografar e divulgar imagens dos boletins impressos das urnas, que são afixados nas portas das seções eleitorais após o encerramento da votação. Diversas fotos dos boletins impressos foram divulgadas nas redes sociais e já é possível verificar a autenticidade de algumas delas por meio do aplicativo da Justiça Eleitoral “Boletim na Mão”.

É possível comprovar, por exemplo, que uma das seções eleitorais de Tóquio fechou com 261 votos para Bolsonaro contra 45 de Haddad, totalizando 85% dos votos válidos para o candidato do PSL. Já em uma das seções da cidade de Nagoia, Bolsonaro recebeu 372 contra 27 do petista, chegando a 93% dos votos válidos.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que até às 12h de domingo, a votação para eleitores brasileiros que estão no exterior foi encerrada em 33 países, por causa do fuso horário.

Fonte: Veja

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Estudo revela quão perdidos estaríamos se o GPS sofresse uma queda

Uma interrupção do serviço GPS poderia até mesmo causar uma perda diária de 1 bilhão de dó…