Home Bcn ESTRATÉGIA. Skaf põe uma PM de vice; ‘matou 2 coelhos com uma tacada’, diz Luiz

ESTRATÉGIA. Skaf põe uma PM de vice; ‘matou 2 coelhos com uma tacada’, diz Luiz

2 primeira leitura
0

O pré-candidato do MDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf – que terá o nome oficializado em convenção no sábado (28) -, escolheu nesta segunda-feira (23) a tenente-coronel da Polícia Militar Carla Danielle Basson como vice. Há dois meses Basson comanda o 11º Batalhão da PM do interior paulista, responsável pelos municípios de Jundiaí, Itupeva e Cabreúva (cerca de 460 mil habitantes). Ela é bacharel em direito e em ciências policiais de segurança e ordem pública.

Paulistana de 46 anos, filha de militar, em 2015 Basson se tornou a primeira mulher a comandar o 35º Batalhão da PM de Campinas, algo inédito na cidade. Para ser oficializada como vice, ela terá de se licenciar da PM e se filiar ao MDB. Em fevereiro, o plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu, por unanimidade, que o militar elegível não ocupante de função de comando deverá estar afastado do serviço quando for requerido o registro de candidatura.

Skaf escolhe uma policial quando a segurança é a principal pauta da disputa eleitoral neste ano. Para o vereador Luiz do Depósito, de Embu das Artes, o principal nome do MDB na região, a escolha foi certeira. “A estratégia do Skaf foi atingir a questão da mulher na política, que é importante, e ela é uma policial graduada. E a segurança mesmo. Skaf matou dois coelhos com uma tacada só. Queira ou não, a angústia da população é a segurança”, disse ele ao Verbo.

Fonte: Verbo

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…