Home Bcn ESTRATÉGIA. Skaf põe uma PM de vice; ‘matou 2 coelhos com uma tacada’, diz Luiz

ESTRATÉGIA. Skaf põe uma PM de vice; ‘matou 2 coelhos com uma tacada’, diz Luiz

2 primeira leitura
0

O pré-candidato do MDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf – que terá o nome oficializado em convenção no sábado (28) -, escolheu nesta segunda-feira (23) a tenente-coronel da Polícia Militar Carla Danielle Basson como vice. Há dois meses Basson comanda o 11º Batalhão da PM do interior paulista, responsável pelos municípios de Jundiaí, Itupeva e Cabreúva (cerca de 460 mil habitantes). Ela é bacharel em direito e em ciências policiais de segurança e ordem pública.

Paulistana de 46 anos, filha de militar, em 2015 Basson se tornou a primeira mulher a comandar o 35º Batalhão da PM de Campinas, algo inédito na cidade. Para ser oficializada como vice, ela terá de se licenciar da PM e se filiar ao MDB. Em fevereiro, o plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu, por unanimidade, que o militar elegível não ocupante de função de comando deverá estar afastado do serviço quando for requerido o registro de candidatura.

Skaf escolhe uma policial quando a segurança é a principal pauta da disputa eleitoral neste ano. Para o vereador Luiz do Depósito, de Embu das Artes, o principal nome do MDB na região, a escolha foi certeira. “A estratégia do Skaf foi atingir a questão da mulher na política, que é importante, e ela é uma policial graduada. E a segurança mesmo. Skaf matou dois coelhos com uma tacada só. Queira ou não, a angústia da população é a segurança”, disse ele ao Verbo.

Fonte: Verbo

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

EUA vão impor sanções a países que comprarem petróleo do Irã

Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira que começarão a impor sanções a todos os …