Fábio Tuffy Felippe, filho do presidente da Câmara Municipal, Jorge Felippe (MDB), teve prisão decretada por acusação de lesão corporal

 

Após ter tido a prisão temporária decretada pela Justiça pela agressão de sua esposa, Fábio Tuffy Felippe, filho do presidente da Câmara Municipal do Rio, Jorge Felippe (MDB), se entregou à polícia na manhã desta sexta-feira (4).

Acompanhado da advogada, o suspeito se apresentou na Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, pouco depois das 10h.

A decisão de prender Fábio foi da juíza Yedda Christina Ching Assunção, do 2º Juizado de Violência Doméstica de Bangu, também na zona oeste, após ação apresentada pelo MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro). O motivo apontado foi lesão corporal decorrente de violência doméstica, além da garantia de medidas protetivas à vítima.

A agressão sofrida por Christini Cardoso de França aconteceu em 21 de dezembro e um inquérito policial foi instaurado dia 26, chegando à Justiça três dias depois, em 29 de dezembro.

No dia 30, a juíza Angélica dos Santos Costa determinou que a Polícia Civil ouvisse o acusado, decisão que foi confirmada no dia seguinte pelo desembargador Paulo Baldez.

Jorge Felippe, pai de Fábio, se manifestou em vídeo por uma rede social contra o ato que teria sido cometido pelo filho. “Não foi isso que ensinamos a ele. Quem pratica violência tem que responder pelo ato”, disse o vereador.

Parentes da vítima compartilharam nas redes sociais imagens dela com os olhos roxos e inchados, sem poder abri-los. Fonte: R7

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…