Gabigol dá a cara a tapa e chama responsabilidade por situação no Santos (Foto: Pedro Vale)

 

Atacante do Santos chama a responsabilidade pela situação no time e fala sobre propostas que recebeu do Valencia e do mundo árabe

 

 

O Santos voltou à zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. E Gabigol chamou a responsabilidade e vê que é momento de “dar a cara a tapa”. Ele é um dos líderes do time.

— Sempre falei da responsabilidade dividida, alguns momentos eu falo e me exponho mais para ajudar. Vanderlei mais quieto, Alison fala mais e corre 9 ou 10 kms, corre e dá carrinho por todos. Bruno e Rodrygo mais quietos… Responsabilidade de todos, grande time, grande camisa, torcida imensa. É momento de dar a cara à tapa, principalmente eu, não tenho medo. Nosso time tem muita calma, união. Somos grandes amigos e sabemos que, juntos, vamos sair dessa situação – disse.

Na última semana o técnico Cuca revelou propostas do Valencia e do Mundo Árabe pelo atacante de 21 anos. Porém, a ideia de Gabriel não é deixar o Peixe. Ele se diz feliz na Baixada Santista e afirmou que seus companheiros podem contar com ele “na alegria e na tristeza”.

— Essa situação de proposta eu não costumo falar, deixo com meus pais e empresários. Conversei com ele sobre várias questões, de dentro e fora de campo. Abri essa situação, falei isso, sim, todos sabem do meu carinho pelo Santos, pela torcida, por meus companheiros. Viraram uma família para mim. Estou com eles e sabem disso. Podem contar comigo na alegria e tristeza. Estou bem no Santos, feliz, não dá para falar sim ou não, mas quero muito ficar e ajudar o Santos – explicou.

O Peixe enfrenta o Cruzeiro na próxima quarta-feira, às 19h30, pelo jogo de ida da Copa do Brasil.

Fonte: R7

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Estudo revela quão perdidos estaríamos se o GPS sofresse uma queda

Uma interrupção do serviço GPS poderia até mesmo causar uma perda diária de 1 bilhão de dó…