AGU encaminhou manifestação na noite de segunda-feira (20) à Corte

 

 

AGU (Advocacia-Geral da União) divulgou nota nesta terça-feira (21) defendendo a manutenção das fronteiras do Brasil com a Venezuela abertas.

O órgão encaminhou manifestação na noite de segunda-feira (20) ao STF (Supremo Tribunal Federal) na qual solicita a rejeição de pedido de fechamento temporário da fronteira entre Brasil e Venezuela, a pedido da governadora de Roraima, Suely Campos (PP), como forma de conter o fluxo de imigração.

Para a advogada-geral da União, Grace Mendonça, além de ineficaz, a medida violaria tratados internacionais aos quais o Brasil é signatário.

Continua depois da Publicidade

No parecer encaminhado ao STF, Grace diz que o governo federal já anunciou iniciativas para conter os problemas decorrentes da crise migratória em Roraima como o controle e triagem de imigrantes, instalações de abrigos e aceleração do processo de interiorização dos venezuelanos.

“Os investimentos chegariam à ordem de R$ 200 milhões, motivo pelo qual a AGU refuta suposta omissão por parte do governo federal.”, afirma a advogada-geral, contestando argumentos de Suely.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…