Suspeito estava com um revólver calibre 38, munições e cerca de R$ 300

Caso aconteceu na cidade de Paulo Afonso, no norte do estado.

 

Um homem de 40 anos morreu em confronto com policiais militares após invadir uma casa e manter a ex-companheira e a filha, de 7 anos, em cárcere de privado por quase 7 horas. O caso ocorreu na terça-feira (2), em Paulo Afonso, cidade no norte da Bahia.

De acordo com Polícia Civil, após atirar contra os policiais, o homem tentou pular o muro da casa para fugir e acabou baleado.

Conforme a polícia, a ex-mulher do suspeito, o atual marido dela e a filha dele estavam na residência quando Fernando Francisco da Silva chegou ao local, que fica na Rua Men de Sá, por volta das 13h. O marido dela percebeu que o suspeito estava armado, se escondeu e conseguiu fugir.

Segundo a Polícia Civil, Fernando da Silva ameaçou as duas reféns de morte e arranhou a perna da ex-mulher após tentar estuprá-la. O marido dela chamou a polícia por volta das 20h, que foi para o local do crime.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi encaminhado para o Hospital de Paulo Afonso, mas não resistiu aos ferimentos. Um revólver calibre 38, munições, cinco pedras de crack e cerca de R$ 300 foram apreendidas.

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…