O que é o Ibope desta terça? É a pesquisa da fulminante arrancada de Haddad de 8% para 19% das intenções de voto em uma semana? Não! Porque Fernando Haddad não teria pernas nem fôlego para uma arrancada destas. Nem ele nem ninguém. Esta pesquisa é a consagração de Lula e sua tática para as eleições. É a arrancada da chapa Lula-Haddad-Manuela num feito que já pode ser considerado histórico no Brasil. É mais que isso: é o atestado de que Lula comanda as eleições de 2018 mesmo encarcerado e amordaçado como preso político.

É a vitória de Lula e do povo brasileiro e a derrota do golpe. Uma lição para todo o país: só Getúlio aproximou-se de Lula em sua ligação visceral, racional e emotiva com o povo brasileiro; ambos geniais em sua intuição para saber a “direção do vento”.

Perderam os que apostaram que a prisão levaria Lula ao ostracismo, como a direita cantou em prosa em verso em abril. Perderam os que apostaram que o lulismo estava em declínio, como alguns setores da própria esquerda anunciaram meses a fio. Perderam os que consideraram que Lula estava numa “egotrip” e conduzindo o PT para uma aventura tresloucada.

Lula esteve e está no comando. Sem ele, não há o candidato Haddad -com o próprio o reconhece, com humildade e admiração.

Sem ele, a esperança fenece, a perspectiva de volta dos bons tempos fenece, as elites de agigantam.

Houve desprezo e desespero. “O timing!”, gritavam, como se a tática do PT de esticar a corda ao limite para viabilizar a candidatura de Lula e deixar para fazer a passagem do bastão na undécima hora fosse rematada loucura.

Lula acertou, quem apostou contra ele está derrotado.

Isso quer dizer que as eleições estão decididas,que Haddad pode considerar-se presidente? Longe disso. Bolsonaro, o candidato fascista, movimenta inseguranças e medos de amplas parcelas da população brasileira que serão manipuladas em larga escala pela mídia de massas conservadora sob a liderança da Globo; o mercado, mais uma vez, anunciará o armagedom, semeará o pânico para chantagear o povo brasileiro. Será uma batalha épica.

Mas as forças democráticas têm seu grande comandante e ele de fato comanda, da prisão. A pesquisa do Ibope é uma enorme injeção de ânimo das pessoas que se levantam contra o fascismo e a destruição do país. Mas ela tem uma mensagem muito específica.

Fonte: Brasil 247

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…