Gauri Lankesh levou dois tiros no peito e um na cabeça ao abrir a porta de sua casa. Autores do crime estavam em uma moto; governador ordenou investigação.

 

Uma conhecida jornalista indiana, Gauri Lankesh, foi assassinada a tiros por assaltantes em uma motocicleta em Bangalore, sul do país, informou o governador do estado de Karnataka.

“Absolutamente consternado ao saber do assassinato da célebre jornalista Gauri Lankesh. Não tenho palavras para condenar este crime odioso”, escreveu no Twitter o governador Siddaramaiah.

Redatora-chefe de um tabloide, Gauri Lankesh era muito crítica com os nacionalistas hindus.

A jornalista abriu a porta de sua residência em Bangalore quando assaltantes em uma moto a mataram depois de dispararem dois tiros no peito e um na cabeça, informou a agência de notícias Press Trust of India (PTI).

“Falei com o diretor-geral da polícia e lhe encomendei que realize uma investigação rápida e profunda para levar os autores à justiça”, acrescentou o governador.

No estado meridional de Karnataka houve vários assassinatos de ativistas e de professores universitários.

Segundo a ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF), a Índia ocupa o posto 136º na classificação mundial da liberdade de imprensa.

Quer saber mais informações, notícias de todo o Brasil e do mundo? redebcn.

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…