Forças de segurança entram em confronto com manifestantes de extrema-direita em Chemnitz, na Alemanha, na segunda-feira (27) (Foto: Sebastian Willnow)

Morte de alemão a facadas motivou protestos em Chemnitz, no leste da Alemanha. Cidade foi palco de protestos contra imigrantes nos últimos dias

 

 

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, descreveu como um “incidente horrível” um ataque a facadas que deixou um homem morto na cidade alemã de Chemnitz, no leste da Alemanha, mas disse que os protestos violentos realizados na segunda-feira em reação ao ataque são inaceitáveis.

“Esse foi um incidente horrível”, disse durante coletiva de imprensa em Berlim. “O que nós vimos depois é algo que não tem lugar em um país sob o Estado de Direito”, acrescentou, segundo a Reuters.

No sábado (25), um alemão de 35 anos foi morto a facadas em uma briga com estrangeiros em circunstâncias ainda não esclarecidas pela polícia. Um iraquiano e um sírio foram presos para serem interrogados.

No domingo (26), em uma primeira manifestação contra o crime, os participantes gritaram frases como “fora estrangeiros” e “nós somos o verdadeiro povo”, lançando garrafas contra as forças de ordem e perseguindo imigrantes pelas ruas.

Na segunda-feira (27), o movimento xenófobo Pegida, além do partido da extrema-direita, Alternativa para a Alemanha (AfD), organizaram um protesto em que entraram em confronto com manifestantes de esquerda.

Saxe, região onde se localiza Chemnitz, é onde o AfD conseguiu 30% de votos nas últimas eleições legislativas. O local se tornou palco de diversas agressões racistas e incêndios criminosos em centros que abrigam refugiados.

Os incidentes acontecem em um momento delicado para Angela Merkel, frequentemente criticada por sua política em prol dos imigrantes. A líder também se tornou alvo dos movimentos de extrema-direita, que dizem que a criminalidade aumentou no país devido aos refugiados.

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…