Ex-governador foi transferido após causar transtornos na cadeia de Benfica

 

O ex-governador do Rio Anthony Garotinho passou a primeira noite na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, em Bangu 8, zona oeste do Rio. A Seap (Secretaria Estadual de Administração Penitenciária) informou, na manhã deste sábado (25), que Garotinho passa bem e se alimenta normalmente.

Ainda de acordo com a Seap, o ex-governador está em uma cadeia designada para idosos. Monitorado 24 horas por câmeras de segurança, ele permanece sozinho na cela.

Garotinho estava preso desde quarta-feira (22) na Cadeia Pública Frederico Marques, em Benfica, onde estão Sérgio Cabral, também ex-governador do Rio, e Jorge Picciani, ex-presidente da Alerj.

No entanto, na tarde de sexta-feira (24), a Justiça determinou a transferência de Garotinho para um presídio de segurança máxima porque o ex-governador “estaria causando transtornos na unidade prisional onde se encontrava, pois teria se autolesionado e afirmado, ainda, que as agressões sofridas foram realizadas por terceiros”.

Garotinho afirmou ter sido agredido, na própria cela, por um homem de calça jeans. O desconhecido teria lhe dado golpes com um porrete no joelho e no pé.

O magistrado, porém, recebeu a informação do secretário Estadual de Administração Penitenciária, coronel Erir Ribeiro, de que Garotinho estava em uma “galeria vazia e cela individual, demonstrando ser totalmente duvidosa a versão dada pelo réu”.

Fonte: R7

Veja Também

Coreia do Norte está comprometida com desnuclearização completa e encontro com Trump, diz Coreia do Sul

SEUL (Reuters) – O líder norte-coreano Kim Jong Un reafirmou seu compromisso de “com…