Psicanalista Eliane Berger, de 56 anos, lutava contra um câncer e estava internada no Hospital Albert Einstein.

 

 

A mulher do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, a psicanalista Eliane Berger, de 56 anos, morreu na madrugada deste domingo (12) no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo. Ela lutava contra um câncer e estava internada no hospital.

O corpo será enterrado na tarde deste domingo (12) no Cemitério Israelita do Butantã, na Zona Oeste de São Paulo. O enterro está previsto para as 15h, segundo funcionários do local. O velório, que irá ocorrer no mesmo local, deve começar no início da tarde. Apesar do corpo já estar no local, o velório terá início quando os familiares chegarem ao cemitério.

Em setembro do ano passado, Mantega chegou a ser preso em uma operação da Lava Jato enquanto sua mulher estava internada para passar por um procedimento cirúrgico. O ex-ministro foi acusado pelo empresário Eike Batista, em depoimento à Lava Jato, de ter pedido R$ 5 milhões para pagar dívidas de campanha.

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato, revogou a prisão do ex-ministro após tomar conhecimento do estado de saúde da sua mulher.

O presidente Michel Temer (PMDB) usou as redes sociais e manifestou seus sentimento ao ex-ministro do governo petista e familiares na manhã deste domingo (12).

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…