Segundo Polícia Civil, motorista de carro avançou sinal de ‘Pare’ e atingiu vítima. Condutor fez teste do bafômetro que comprovou que não havia bebido.

 

O motociclista Pablo Gerônimo de Sousa, de 18 anos, morreu na noite desta quinta-feira (17), após sofrer acidente na Vila São José, no cruzamento entre a Avenida Santo Afonso e a Rua 14, em Goiânia. A Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict) esteve no local e, ao realizar teste do bafômetro no condutor do carro, confirmou que ele não havia bebido. Ainda conforme a corporação, a vítima não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A agente de polícia Mônica Silvana relatou que o condutor do carro trafegava pela Rua 14, quando chegou ao cruzamento, que tinha sinalização de “Pare” em duas placas, mas não no chão. Segundo ela, o motorista atravessou o cruzamento e atingiu a vítima, que passava pela Avenida Santo Afonso, via preferencial, em uma moto. Com o impacto, o corpo do motociclista foi arremessado e ele morreu ainda no local.

Com a batida, o motorista do carro perdeu o controle da direção, subiu na calçada à direita e bateu com a parede de uma igreja, ainda na Rua 14. Ele não se feriu. Ainda conforme a agente, o condutor quis ficar no local, mas foi levado de lá por terceiros para a Sede da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), que temiam que ele fosse linchado no local.

“O motorista do carro avançou a sinalização de ‘Pare’, mas só tem duas placas lá, nada na pista. A população contou que eles mesmos arrumaram a segunda placa, que caiu em um acidente recente no local que derrubou um poste de luz. Eles pegaram a placa que havia caído do poste, que foi substituído, e colocou junto à primeira placa. São vias de fluxo muito intenso e quase sem nenhuma sinalização”, contou ao G1.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade por mensagens e e-mail, no fim desta noite, e aguarda posicionamento do órgão.

Motociclista

Amigos e parentes do jovem que pilotava a moto lamentaram a morte dele nas redes sociais. Em uma das mensagens um conhecido comenta que ambos falavam muito sobre motocicletas e os perigos de andar sobre duas rodas.

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…