Reguladores da Autoridade de Telecomunicações do país ordenaram que provedores bloqueiem o jogo da PUBG Corp.

Autoridades e pais no Nepal estão preocupados com o fato das crianças e adolescentes ficarem viciados no jogo de guerra PlayerUnknown’s Battlegrounds, popularmente conhecido como PUBG. Assim, o game de batalha foi oficialmente proibido no país a partir da última quinta-feira (11). A agência federal de investigação pediu formalmente que a Autoridade de Telecomunicações do Nepal (NTA) ordenasse que os ISPs, os provedores de serviços móveis e os de rede bloqueiem o acesso ao título.

O cancelamento acontece sem que nenhum incidente tenha ocorrido. Conforme diz o vice-presidente da NTA à Reuters, a medida foi tomada por conta da preocupação dos pais com o vício das crianças e adolescentes. Eles argumentaram que o jogo atrapalhava os estudos e as tarefas do dia-a-dia desses jovens. 

Assim como o Nepal, outras nações pensam em proibir jogos por conta do vício gerado. A China já considera limitar o tempo de uso de diversos games, uma vez que o Comitê de Ética em Jogos Online do país rejeitou ou pediu por mudanças em 20 títulos no final do ano passado,  entre eles o próprio, PUBG. Aliás, o mesmo game ja é proibido no estado de Guarajat, na Índia, onde dezenas de pessoas já foram presas por joga-lo. Fonte: Olhar Digital

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

Estudo revela quão perdidos estaríamos se o GPS sofresse uma queda

Uma interrupção do serviço GPS poderia até mesmo causar uma perda diária de 1 bilhão de dó…