Nova cúpula intercoreana ocorrerá de 18 e 20 de setembro

3 primeira leitura
0

Reunião de presidentes discutirá desnuclearização de Pyongyang

 

 

presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, irão se reencontrar para a sua terceira reunião entre os dias 18 e 20 de setembro, em Pyongyang, anunciou hoje (6) Chung Eui-yong, chefe da Segurança Nacional de Seul.

A Coreia do Sul enviou ontem (5) uma delegação para Pyongyang com o objetivo de organizar a terceira cúpula intercoreana, que segundo Chung, tratará de discutir “medidas práticas” para o desmantelamento do programa de armas nucleares norte-coreanas.

Além de discutir a desnuclearização de Pyongyang, a cúpula será uma tentativa de estreitar ainda mais os laços dos dois países e tratar das complexas conversas entre Coreia do Norte e Estados Unidos.

Em junho, na cúpula de Singapura, o presidente norte-americano, Donald Trump, e Kim se comprometeram a trabalhar conjuntamente pela desnuclearização da Península Coreana, mas, segundo o republicano, Pyongyang deu poucos passos concretos para cumprir a meta.

+ Leia Mais Temer ataca Haddad, rechaça rótulo de ‘golpista’ e diz: ‘Toma cuidado’

“Kim ressaltou sua vontade de desnuclearizar completamente a península coreana e expressou seu desejo de cooperar estreitamente não apenas com o Sul, mas também com os Estados Unidos”, explicou Chung.

Ainda de acordo com o diplomata, o líder norte-coreano pediu para que ele entregasse “uma mensagem” a Trump, mas o conteúdo dela não foi informado. Kim ainda revelou que sua fé no magnata republicano continua “inalterada” Chung inforomu que Kim pretende completar o processo de desnuclearização e encerrar com as ruins relações com os Estados Unidos até o início de 2021, quando encerra o primeiro mandato de Trump na Casa Branca.

“Kim Jong-un, da Coreia do Norte, proclama ‘fé inalterada no Presidente Trump’. Obrigado ao Presidente Kim. Nós vamos fazer isso juntos”, escreveu Trump no Twitter.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…