Pai preso por estupro deixa cadeia e mata filha de 13 anos em SP

4 primeira leitura
0

Justiça permitiu que ele recorresse em liberdade por estuprar a cunhada

 

Um homem que foi solto após passar quatro meses preso por estupro é suspeito de matar a filha de 13 anos a facada na madrugada desta quarta-feira (3), em São Roque, no interior de São Paulo. Horácio Nazareno Lucas, 28 anos, estava preso desde julho como cumprimento da pena por estuprar a cunhada em 2012. Ele foi solto na terça (2), voltou para casa e matou a filha, segundo a polícia. O suspeito está foragido. As informações são do G1.

A polícia foi chamada até a casa da família para atender a uma situação de violência doméstica. No caminho, a equipe encontrou um menino de 6 anos pedindo socorro, afirmando que o pai tinha matado a irmã. Os PMs seguiram então com o menino até o local e já encontram Letícia Tanzi Lucas ferida na sala. Ela estava inconsciente e, mesmo socorrida, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Horácio foi preso em julho, condenado por estuprar a cunhada, que tem problemas mentais. O crime aconteceu em 2012. O advogado pediu à Justiça para que ele respondesse em liberdade. A família também acusou Horário por abusos sexuais à própria Letícia – um boletim de ocorrência foi registrado depois que ele foi preso.

Horácio estava preso pelo estupro da cunhada (Foto: Reproduçao)

Na terça, o juiz deferiu o pedido da defesa e permitiu que o suspeito recorresse em liberdade. Ele voltou para casa ontem mesmo e ao chegar começou a brigar com a mulher por conta do boletim de ocorrência que ela registrou contra ele pelo abuso à filha. Horácio deu socos na mulher e ainda tentou esganá-la. Ela conseguiu fugir e foi buscar socorro na casa de um vizinho.

Horácio então trancou o filho de 6 anos no quarto e partiu para atacar Letícia, que estava na sala. Ele deu várias facadas na adolescente e depois fugiu por um matagal nos arredores. Assustado com os barulhos, o garoto conseguiu sair do quarto para a rua, onde se encontrou com a viatura da polícia que já seguia para o local e pediu socorro.

A mãe de Letícia fará exame no Instituto Médico Legal (IML) por conta das agressões. O corpo de Letícia também foi encaminhado ao IML e será sepultado hoje.

Fonte: Correio 24 Horas

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…