Dois levantamentos divulgados nesta segunda-feira colocam o candidato do PSL à frente e o petista em segundo. Ciro aparece em terceiro nos dois estudos

 

 

Duas pesquisas de intenções de voto para presidente divulgadas nesta segunda-feira (17/9) apontam a consolidação de Jair Bolsonaro (PSL) na frente da corrida eleitoral e a rápida ascensão de Fernando Haddad (PT) desde que foi confirmado como candidato de seu partido.

Em menos de uma semana, Haddad pulou das últimas colocações em diferentes levantamentos para o segundo lugar, indicando uma capacidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva transferir votos ao seu escolhido. Se as eleições fossem hoje, o resultado mais provável seria um segundo turno entre o capitão reformado do Exército e o ex-prefeito de São Paulo.

No levantamento feito pela MDA a pedido da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Bolsonaro aparece com 28,2% e Haddad, com 17,6%, quase sete pontos percentuais à frente do terceiro colocado, Ciro Gomes (PDT), que registra 10,8%.

Esta é a primeira pesquisa CNT/MDA realizada após a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disputa, depois deste ter sua candidatura impugnada pela Lei da Ficha Limpa, e da substituição por Haddad. Por isso, é impossível comparar a evolução dos candidatos, uma vez que, na mosra anterior, Lula liderava com 37,3% e Haddad não era apresentado como opção aos entrevistados. Também é a primeira pesquisa CNT/MDA feita após o atentado contra Bolsonaro.

O candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, está em quarto lugar, com 6,1%, seguido por Marina Silva (4,1%), da Rede, João Amôedo (2,8%), do Novo, Alvaro Dias (1,9%), do Podemos, e Henrique Meirelles (1,7%), do MDB. Os demais candidatos não atingiram 1% das intenções de voto. Outros 13,4% disseram que votariam branco ou nulo e 12,3% afirmaram ainda estarem indecisos.

Outro levantamento
Um pouco mais cedo, levantamento da FSB/BTG Pactual apontou um cenário semelhante. Nessa pesquisa, que é feita por telefone é tem uma precisão menor, Bolsonaro aparece com 33% das intenções de voto, alta de 3 pontos percentuais se comparado com o último levantamento. Haddad também avança, de 8% para 16%, tecnicamente empatado com Ciro, que tem 14%. Em seguida, vêm Alckmin (6%), Marina (4%) e João Amoedo (4%).

A pesquisa foi feita por telefone com 2 mil eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 unidades da federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais. O levantamento foi realizado entre 15 e 16 de setembro.

Fonte: Correio Braziliense

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prazo para regularizar situação no BPC vai até 31 de março

Data é para quem nasceu no primeiro trimestre As pessoas que recebem o Benefício de Presta…