PGR usará e-mail de Marcelo Odebrecht em inquérito contra Renan

1 primeira leitura
0

Documentos mostram atuação do senador e de Jucá em benefício de empreiteira após doação para campanha

 

A Procuradoria Geral da República (PGR) incluiu novos e-mails de Marcelo Odebrecht no inquérito que investiga o senador Renan Calheiros (MDB-AL) e o filho dele, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB). A dupla é acusada de corrupção e lavagem de dinheiro.

De acordo com o blog da jornalista Andréia Sadi, no ‘G1’, as informações encontradas nas mensagens revelam “atuação concertada” de Renan e do também senador Romero Jucá (MDB-RR) em benefício da Odebrecht.

Os senadores negam qualquer participação em esquema com a empreiteira. As assessorias dos senadores foram procuradas pelo blog, mas ainda não se pronunciaram.

A investigação foi iniciada em abril de 2017, com base em delações de ex-executivos da Odebrecht. De acordo com os depoimentos, a empresa teria feito doações oficiais para a campanha de Renan Filho e, em contrapartida, teria sido favorecida no Senado.

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Brasil

Veja Também

Investigação não encontrou evidências de que Trump obstruiu inquérito sobre Rússia, diz Barr

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta q…