Jenilson da Silva Coelho, de 28 anos, Darlene Macedo Araujo, 32, a Ariel, e Poliana Borges de Castro, 22 

Mulher e dois homens foram presos com mais de 1 kg de pasta base e supermaconha no fim da tarde deste sábado (26).

Uma mulher e dois homens que integram o Primeiro Comando da Capital, facção criminosa de São Paulo, foram presos pela Polícia Militar no Sul do estado no fim da tarde deste sábado (26). O trio é suspeito de tráfico de drogas e tinha mais de 1kg de pasta base de cocaína e skunk.

De acordo com a PM, Jenilson da Silva Coelho, de 28 anos, Darlene Macedo Araujo, 32, conhecida como Ariel, e Poliana Borges de Castro foram presos nas cidades vizinhas de São Luiz, São João da Baliza e Caroebe, respectivamente.

O primeiro a ser preso foi Jenilson Coelho. Ele é conhecido por integrar a facção criminosa e foi visto pelos PMs em um restaurante de São Luiz. Na abordagem, ele foi flagrado com oito papelotes de skunk e informou ter comprado a droga de uma mulher apelidade de Ariel em São João da Baliza.

PM apreendeu mais de 1kg de pasta base de cocaína, skunk, balança de precisão, R$ 105 e carro com suspeitos — Foto: Divulgação/PM
PM apreendeu mais de 1kg de pasta base de cocaína, skunk, balança de precisão, R$ 105 e carro com suspeitos (Foto: Divulgação/PM)

O suspeito informou ainda aos policiais que estava hospedado em um hotel em Caroebe. Os PMs foram ao endereço e prenderam Poliana Borges por suspeita de envolvimento com o tráfico. Ela estava com os dois filhos menores, que não foram detidos.

Após a prisão da segunda suspeita, os policiais foram a São João da Baliza onde prenderam Darlene Macedo. Ela admitiu que tinha enterrado 600 gramas de pasta base de cocaína e 450 de skunk e mostrou o local aos PMs que apreenderam a droga.

Ainda segundo a PM, investigações da área de inteligência da polícia já haviam apontado que a suspeita é a chefe do tráfico na ramificação feminina do PCC e é mulher de um presidiário da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, unidade que concentra presos ligados à facção.

Os três foram detidos e entregues à Polícia Civil. Se autuados, eles devem passar por audiência de custódia que define se ficam presos ou respondem em liberdade. Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN
Comentários estão fechados.

Veja Também

60ª fase da Lava Jato: PF prende Paulo Preto e mira Aloysio Nunes

Ao todo, 46 agentes cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em São Paulo A Políc…