Home Bcn Notícias BCN Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

5 primeira leitura
0

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal

Dupla era ligada ao PCC e comandava, segundo as autoridades, a venda de entorpecentes na Vila Esperança.

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (21) um casal que comandava o tráfico de drogas na Vila Esperança, um bairro da periferia de Presidente Epitácio.

As ações deflagradas no município fazem parte da Operação Fortaleza, um desdobramento da Operação Dâmocles, que ocorreu em abril do ano passado.

No mês seguinte, a polícia enviou o inquérito à Justiça, que resultou em 53 pessoas processadas criminalmente por diversos crimes e com prisões preventivas decretadas pela Justiça – 51 foram presos, na época, e dois seguem foragidos.

O delegado que comandou a operação, Márcio Domingos Fiorese, informou que um trabalho minucioso do serviço de inteligência da polícia descobriu que o casal é ligado ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

“No bairro o casal firmou residência em um exuberante sobrado, contando com área de lazer e piscina, destacando-se das demais moradias do bairro”, disse o delegado.

Ainda de acordo com ele, pelo “padrão considerável” da construção e da mobília, há indícios de que a residência e os móveis tenham sido viabilizados com “dinheiro proveniente do crime”.

“O casal ostentava um padrão de vida totalmente incompatível, com ausência de comprovação de renda lícita. Sem contar, ainda, a propriedade de veículos automotores [motocicletas], sobre os quais também recaem indícios de terem sido constituídos através do crime,” afirmou Fiorese.

A residência é avaliada em torno de R$ 400 mil. O casal tentou esconder a propriedade da casa, o que caracteriza crime de lavagem de dinheiro, segundo a polícia.

Segundo a polícia, casal vivia vida de luxo, sem comprovação de renda lícita — Foto: Cedida/Polícia Civil
Segundo a polícia, casal vivia vida de luxo, sem comprovação de renda lícita (Foto: Cedida/Polícia Civil)

Através de um pedido da Polícia Civil, ratificado pelo Ministério Público, a Justiça decretou a prisão temporária do casal e expediu um mandado de busca e sequestro dos bens da dupla.

A polícia apreendeu joias avaliadas em cerca de R$ 18 mil, duas motos, dinheiro (que estava escondido dentro de calçados), celulares e documentos, que segundo a polícia, comprovam o envolvimento do casal com o crime.

O casal já foi indiciado por lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e associação ao tráfico.

O homem, de 33 anos, foi encaminhado à cadeia pública de Presidente Venceslau. A mulher, de 41 anos, foi encaminhada à cadeia pública de Dracena.

A prisão temporária tem duração de 30 dias. Após a conclusão do inquérito, que deve ocorrer antes deste período, será pedida a prisão preventiva do casal.

Operação foi deflagrada em casa da periferia de Presidente Epitácio — Foto: Cedida/Polícia Civil
Operação foi deflagrada em casa da periferia de Presidente Epitácio (Foto: Cedida/Polícia Civil)
Duas motos foram apreendidas — Foto: Cedida/Polícia Civil
Duas motos foram apreendidas (Foto: Cedida/Polícia Civil)

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

Desembargador do TRF-2 manda soltar Michel Temer, diz jornal

Informações foi repassada pelo advogado Eduardo Canelós a aliados do emedebista A soltura …