Home Bcn Polícia identifica construtor morto em briga; outro envolvido estava sem documento e pode ser estrangeiro

Polícia identifica construtor morto em briga; outro envolvido estava sem documento e pode ser estrangeiro

3 primeira leitura
0

Foto: Osvaldo Nóbrega

Testemunha compareceu em delegacia de MS e comentou que ouviu parte da discussão e 5 tiros.

 

A polícia identificou o construtor civil de 41 anos, que morreu na manhã desta sexta-feira (3), no bairro Cristo Redentor, em Campo Grande, logo após se envolver em discussão e briga com outro homem. Segundo o delegado Tiago Macedo, responsável pelas investigações, este último ainda não foi identificado e, por conta da compleição física e tatuagens em escrita espanhola, pode se tratar de um estrangeiro.

“Nós já requisitamos perícia para coletar impressões capilares e tentar identificar o outro homem envolvido na briga. Ele também não estava portando documentos. Ainda não podemos confirmar esta informação de que se trata de patrão e empregado, porém está sendo apurado. O telefone de ambos também será analisado”, comentou ao G1 o delegado.

No caso de testemunhas, Macedo ressaltou que ninguém presenciou a briga. No entanto, uma pessoa já compareceu na delegacia e comentou que ouviu parte da discussão e 5 tiros, quando os envolvidos já estavam na frente da casa do construtor. Ainda conforme a polícia, ele estava fazendo uma reforma no local.

“Agora vamos aguardar o laudo da perícia. Nós temos uma noção de tudo o que aconteceu, porém é a perícia quem vai dizer quem estava portando a faca e a arma. Na próxima semana, temos oitivas marcadas e vamos priorizar a família”, explicou Tiago.

O caso foi registrado como duplo homicídio e está sendo investigado pela 4ª Delegacia de Polícia.

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…