Veículo foi deixado no município de Tlajomulco de Zuniga

 

 

Autoridades mexicanas encontraram 150 corpos no interior de um caminhão no município de Tlajomulco de Zuniga. De acordo com o ‘Jornal de Notícias’, o veículo teria sido alugado por agências funerárias de Guadalajara, que não tinham mais espaço para receber cadáveres.

A situação tem revoltado moradores de Tlajomulco de Zuniga. “Temos muitas crianças vivendo aqui. Isto pode deixar todos doentes”, disse um residente da cidade em entrevista à BBC.

Não é a primeira vez que o caminhão traz problemas, pois a população de Guadalajara já havia reclamado do mau cheiro do veículo. Só depois de duas semanas o caminhão acabou sendo levado para Tlajomulco de Zúñiga.

De acordo com o jornal português, as leis mexicanas impedem a cremação de corpos ligados ao crime organizado. Uma onda de violência recente fez um número elevado de vítimas mortas: em 2017, foram mais de 25 mil assassinatos. Autoridades agora buscam uma solução a longo prazo para armazenar os corpos.

Segundo a reportagem, as autoridades locais ainda tentavam encontrar destino para os cadáveres na segunda-feira (17).

Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Polícia Civil prende por tráfico de drogas casal que ostentava vida de luxo em bairro da periferia de Presidente Epitácio

Dinheiro, celulares e documentos apreendidos pela Polícia Civil na residência do casal Dup…