Dois adolescentes foram mortos a facadas na quinta-feira (26), em São João da Boa Vista (SP). Motivo foi uma dívida de drogas, segundo delegado.

A Polícia Civil de São João da Boa Vista (SP) prendeu na noite de quinta-feira (26) um dos suspeitos de participar do assassinato de Dyovany Sayeny Martins dos Santos, de 17 anos, e Fabiano Martins Junior, de 16 anos, no bairro Jardim Resedas III, durante a madrugada. Há ainda um suspeito foragido.

Isaías Alves Pereira, de 19 anos, foi preso na sua casa, junto com sua companheira, segundo informou ao G1 o delegado Marcos Aparecido Ferreira do Carmo. Pereira já era investigado pelo crime de tráfico de drogas. No local, os policiais encontraram 30 gramas de maconha e utensílios usados para a pesagem de droga.

Ele e a companheira aguardam a audiência de custódia. Pereira será indiciado por homicídio qualificado e ela deve responder por associação ao tráfico.

Foragido

A polícia procura agora Antônio Carlos Costa Júnior, conhecido como ‘Chocolate’, que teria sido o mentor e um dos autores do crime. Ele está foragido.

Chocolate é procurado pela polícia por duplo homicídios, em São João da Boa Vista (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)

Chocolate é procurado pela polícia por duplo homicídios, em São João da Boa Vista (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)

Pereira disse à polícia que foi chamado por Chocolate para ir à casa de Dyovany, onde aconteceu o crime, mas ficou do lado de fora e fugiu quando escutou gritos dentro da residência.

Ainda segundo o delegado, a motivação dos assassinatos foi uma dívida de drogas que Dyovany tinha com Chocolate. Segundo o delegado, ela vendia drogas para o suspeito. Inicialmente, a polícia suspeitava que se tratava de uma briga pelo controle do tráfico.

Duplo homicídio

Os adolescentes foram mortos a facadas durante a madrugada de quinta-feira, enquanto dormiam. Além das duas vítimas estavam no local uma mulher de 26 anos que também foi ferida, um jovem que conseguiu fugir ileso e a filha da adolescente morta, de 2 anos, que também nada sofreu.

Casa em São João da Boa Vista foi invadida durante a madrugada (Foto: Fernanda Ribeiro/EPTV)

Casa em São João da Boa Vista foi invadida durante a madrugada (Foto: Fernanda Ribeiro/EPTV)

Segundo a mãe da mulher sobrevivente ela acordou e viu o agressor esfaqueando Dyovany. “Ela acordou para ir ao banheiro e viu o cara em cima da moça, esfaqueando ela. Ela gritou e saiu correndo pelos fundos. Ele correu e tentou esfaquea-la também. Ela saiu correndo, conseguiu escapar e foi lá em casa me chamar. A gente acordou assustado e chamou o Samu. Ela está muito assustada, muito nervosa, que nem a gente que é mãe”, disse na quinta à EPTV, afiliada da TV Globo.

Fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Estudo revela quão perdidos estaríamos se o GPS sofresse uma queda

Uma interrupção do serviço GPS poderia até mesmo causar uma perda diária de 1 bilhão de dó…