Segundo testemunhas, ele estaria drogado e exigiu rapidez no atendimento

 

Funcionários e pacientes do Hospital Santa Mônica, em Itaparica, Vila Velha (ES), viveram momentos de pânico, na madrugada desta quarta-feira (2). O policial militar Marcelo Pain Maciel Filho, 25 anos, teve um surto e começou a disparar dentro da unidade de saúde. Segundo testemunhas, ele estaria drogado e exigiu rapidez no atendimento.

De acordo com informações da TV Gazeta, o tenente disse à medica que o atendeu que usou drogas e estava arrependido. O caso está sendo investigado pela corregedoria da PM. A arma dele foi recolhida. A corporação ainda não havia recebido a ocorrência. Felizmente, ninguém ficou ferido.

“A gente estava na recepção quando o paciente chegou para receber o medicamento. Ele foi para o repouso e voltou jogando a folha, com agressividade, em cima do balcão. A gente pediu para ele aguardar no box. Fomos pegar o medicamento dele na farmácia. Quando a gente voltou, viu que ele estava de lado, como quem esconde alguma coisa. Eu fiz a pulsão e, quando fui aplicar o medicamento, eu e minha companheira, escutamos o primeiro tiro. Foi bastante tiro. Foi muito assustador”, contou uma técnica de enfermagem, que pediu pra não ser identificada.

A médica que atendeu o policial, que também não quis revelar o nome, afirmou que ele passou pela triagem, pelo enfermeiro. “Já tinham me avisado para ter agilidade porque ele tinha sido grosseiro. Ele se identificou como policial e exigiu atendimento rápido. Ele falou que estava muito arrependido e triste por uma coisa que havia feito. Ele contou que estava fazendo tratamento psiquiátrico e que fez uso de droga ilícita e que estava arrependido”, disse.

Confira na íntegra a nota da PM

Na madrugada desta quarta-feira (2) a PM foi acionada, via Ciodes, por uma funcionária do hospital que atendeu o policial militar e informou que, descontente, aparentando estado depressivo, efetuou disparos de arma de fogo dentro do local, e que funcionários estariam trancados em um cômodo. A CIMEsp foi acionada e as imediações foram isoladas.

No local, o PM entregou o armamento por conta própria e foi constatado dois disparados realizados. Ele foi medicado e após transferido para o Hospital HPM.

Os fatos, como de praxe, serão apurados pela Corregedoria. Fonte: Notícias ao Minuto

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por BCN

Veja Também

Transporte público funciona parcialmente em dia de paralisação

Manifestantes voltam às ruas do país Diversas cidades brasileiras registram hoje (14) mani…