Sem alarde, os postos de combustíveis já estão cobrando R$ 5 pelo litro da gasolina. A alegação é de que a Petrobras não economizou no repasse da alta do petróleo e do dólar para os preços praticados nas refinarias. Para não cravar os R$ 5, o valor afixado nas bombas é de R$ 4,999.

gasolina5R$

Os consumidores estão atordoados. Dizem que, a R$ 5, muitos terão que deixar o carro em casa e passar a usar transporte público, mesmo esse serviço sendo terrível no Distrito Federal. “O que não dá é encher o tanque com gasolina a R$ 5”, diz, Maria Auxiliadora de Souza, 38 anos. “Prefiro esperar horas nos pontos de ônibus, se for preciso”, acrescenta.

Que ninguém duvide que a gasolina fique ainda mais cara. Em alguns estados do país, como o Tocantins, o litro do combustível já está sendo vendido por mais de R$ 6. “É uma loucura. Para nós, que trabalhamos com transporte por aplicativo, o atual preço da gasolina inviabiliza tudo”, ressalta o motorista Samuel de Jesus, 44.

A Petrobras informa que a sua política de preços é clara. Há a possibilidade de os reajustes serem feitos em até 15 dias, mas a frequência de aumentos está maior. Ou seja, a estatal não está esperando o prazo máximo para mexer nos valores nas refinarias.

Os postos garantem que não têm mais como segurar os repasses para os consumidores, uma vez que estão trabalhando com margens muito pequenas. Se seguram demais os repasses dos aumentos promovidos pela Petrobras, acabam operando com prejuízos, o que não é viável para nenhuma empresa.

Portanto, os consumidores devem se preparar para esse choque no bolso. Os preços dos combustíveis não darão trégua, sobretudo porque o dólar continua apontando para cima, devido às incertezas das eleições. Por causa das turbulências eleitorais, a moeda norte-americana passou de R$ 4,20, o maior valor da história.

Fonte: Correio Braziliense

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação BCN
Carregar mais por Bcn

Veja Também

Desembargador do TRF-2 manda soltar Michel Temer, diz jornal

Informações foi repassada pelo advogado Eduardo Canelós a aliados do emedebista A soltura …